Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Troféu Civic Atomic Cup

Civic Atomic Cup. O regresso dos Honda Civic Type R às pistas nacionais

A partir de 2022, os saudosos Honda Civic Type R (EP3) vão voltar às pistas nacionais "pela mão" da Civic ATOMIC Cup, o novo projeto da Motor Sponsor.

Responsável pelo bem sucedido Troféu C1 e pelas Single Seater Series (a única competição de fórmulas em Portugal), a Motor Sponsor tem um novo projeto para 2022: a Civic ATOMIC Cup.

Esta nova competição vai trazer de volta às pistas nacionais os Honda Civic Type R (EP3) — comercializado entre 2001 e 2006 — e conta com a TRS como parceiro técnico, sendo o kit de competição comercializado pela Atomic-Shop Portugal.

No total, a Civic ATOMIC Cup vai ter duas ou quatro corridas, de 25 minutos cada, por cada uma das cinco jornadas durante a próxima temporada. Quanto às equipas, estas poderão ser constituídas por um ou dois pilotos.

A NÃO PERDER: Troféu C1 Learn & Drive. Afinal quanto custa participar?
Civic Atomic Cup
O Civic Type R ao lado do Citroën C1 do troféu.

Se o número de carros participantes for inferior a 15 a Motor Sponsor tem uma solução para assegurar uma grelha preenchida, tendo chegado a acordo com a Associação Nacional de Pilotos de Automóveis Clássicos para que, nesse caso os participantes compitam integrados na grelha do Super Challenge.

O Civic Type R foi atualizado

Já por si só bastante rápidos, os Civic Type R que vão integrar a Civic ATOMIC Cup foram alvo de algumas atualizações.

Desta forma, receberam um autoblocante da Quaife, amortecedores de competição da Bilstein, uma linha de escape de rendimento e o obrigatório arco de segurança com homologação FIA.

Quanto aos números destes Civic Type R, o 2.0 l que os equipa conta com 200 cv e 196 Nm. A enviar a potência às rodas dianteiras temos uma caixa manual de seis relações. Tudo isto permite alcançar os 235 km/h de velocidade máxima e acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 6,6s.

Civic Atomic Cup
Os Civic Type R contam com tubos de travão em malha de aço, proteção do depósito de gasolina, um novo suporte interno do cárter e um suporte da caixa de direção.

Os custos

No total, os pilotos têm duas possibilidades para competir. Ou compram um Honda Civic Type R de estrada e adquirem o kit de competição da Atomic-Shop Portugal ou então compram um carro pronto a correr.

No primeiro caso o kit custa 3750 euros, valor ao qual é preciso somar o preço do equipamento de segurança (banco, cintos, etc) e do Civic Type R. Já na segunda opção o carro custa 15 mil euros.

Quanto aos restantes custos, a gasolina fica em 200 €/jornada; a inscrição custa 750 €/jornada; os pneus 480 €/jornada (Toyo R888R na medida 205/40/R17), fornecidos pela Dispnal.

Já os travões dianteiros e traseiros, fornecidos pela Atomic Shop Portugal e que duram duas jornadas, custam, respetivamente, 106,50 euros e 60,98 euros. Por fim, a licença FPAK (a Nacional B) custa 200 €/ano e o passaporte técnico ascende aos 120 euros.

 

A evolução natural

Acerca deste novo projeto, o responsável máximo da Motor Sponsor, André Marques, considerou-o “a subida de mais um degrau no historial da empresa e a elevação da fasquia a nível competitivo”.

A isto acrescentou ainda: “Temos tido vários pedidos dos nossos Pilotos para criarmos algo com mais potência. Depois de analisarmos várias opções, decidimos optar pelo Honda Civic que é um carro que tem uma relação custo/performance imbatível. A juntar a isso, são carros muito fiáveis”.

A NÃO PERDER: Tudo o que aprendi neste carro que foi de uma idosa

Por fim, declarou: “Apesar de ser só para começar em 2022, quisemos apresentar esta iniciativa com antecedência para que as equipas tenham tempo de preparar tudo. Não podemos deixar de agradecer à TRS e à ATOMIC a forma como deram tudo para que este projeto seja uma realidade”.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Honda Crosstar?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Honda Crosstar testado. Qual o preço de se estar na moda?

Mais artigos em Notícias