Radares

Radares de velocidade média em testes na Ponte Vasco da Gama

Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), o novo modelo de radares que está ser testado na Ponte Vasco da Gama fiscaliza a velocidade média.

Prometidos para o final deste ano, os radares de velocidade média já estão a ser testados nas estradas portuguesas, mais precisamente na Ponte Vasco da Gama.

A confirmação foi feita pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que declarou ao Observador: “Trata-se de testes de um equipamento de controlo da velocidade média, que decorrem no âmbito da competência da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, para aprovar equipamentos de controlo e fiscalização do trânsito”.

De acordo com a ANSR, os locais que deverão receber estes radares de velocidade média já estão “previamente selecionados”, no entanto essa lista é provisória, podendo ser alvo de mudanças.

VEJA TAMBÉM: Radares de velocidade para bicicletas? Já há em Espanha

Contudo, uma coisa parece ser certa: se estes radares forem aprovados, um destes equipamentos deverá ser instalado na Ponte Vasco da Gama.

O que já sabemos destes radares?

Os testes para este novo tipo de radar (já muito usual em Espanha) surgem na sequência da aprovação do reforço da rede SINCRO (Sistema Nacional de Controlo de Velocidade) no ano passado.

Nessa altura foram anunciados 50 novos Locais de Controlo de Velocidade (LCV), com a ANSR a indicar que para tal seriam adquiridos 30 novos radares, 10 deles capazes de calcular a velocidade média entre dois pontos.

Há uns meses, em declarações ao Jornal de Notícias, Rui Ribeiro, presidente da ANSR, afirmou que os primeiros radares de velocidade média entrarão em funcionamento no final de 2021.

Sinal H42 — aviso da presença de radar de velocidade média
Sinal H42 — aviso da presença de radar de velocidade média

No entanto, a localização dos 10 radares de controlo da velocidade média não será fixa, alternando entre 20 localizações possíveis. Desta forma, o condutor nunca saberá que cabinas terão um radar, mas, independentemente da cabina ter ou não o radar instalado, o condutor será previamente alertado pelo sinal de trânsito H42.

Ainda assim, apesar de as localizações não serem fixas, a ANSR já divulgou alguns dos locais onde estes radares marcarão presença:

  • EN5 em Palmela
  • EN10 em Vila Franca de Xira
  • EN101 em Vila Verde
  • EN106 em Penafiel
  • EN109 em Bom Sucesso
  • IC19 em Sintra
  • IC8 na Sertã
VEJA TAMBÉM: Detetores de radares de velocidade. Legais ou ilegais?

Como funcionam estes radares?

Ao deparar-se com o sinal H42, o condutor sabe que o radar vai registar a hora de entrada nesse troço de estrada e registará também a hora de saída alguns quilómetros mais à frente.

Caso o condutor tenha percorrido a distância entre esses dois pontos num tempo abaixo do mínimo estipulado para cumprir o limite de velocidade nesse percurso, considera-se que circulou em excesso de velocidade. O condutor será, assim, multado, com a coima a ser recebida em casa.

Fonte: Observador.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias