Só para circuitos

McLaren 720S GT3X. Sem regras para criar a derradeira máquina para circuitos

A McLaren quis criar a derradeira máquina para circuitos e o resultado é o 720S GT3X, um modelo só para andar em pista que produz 720 cv de potência.

Nos últimos anos poucas marcas têm inovado tanto quanto a McLaren, que nos continua a surpreender a cada lançamento que faz. O último dos quais foi o McLaren 720S GT3X, um automóvel que eleva a fasquia a níveis a que não estamos habituados a assistir, uma vez que atira “ao ar” todas as regulamentações que por norma “amarram” as máquinas de competição.

Baseado no 720S GT3, o automóvel de competição da McLaren, este GT3X foi pensado e desenvolvido com um só objetivo em mente: criar a derradeira máquina para circuitos.

A imagem exterior não engana, este é um carro limitado à ação em pista e que não tem autorização para circular nas estradas. Por comparação com o carro que lhe serve de base, conta com elementos aerodinâmicos próprios e com uma enorme asa traseira que promete mantê-la “colada” ao asfalto.

A NÃO PERDER: Mais potente, mais leve, mais rápido. Pilotámos o McLaren 765LT em Silverstone
Asa de proporções generosas promete ajudar a manter a traseira bem presa ao asfalto.

Além de um forte impacto visual, estas melhorias aerodinâmicas também se traduzem nos tempos por volta, já que a fabricante com sede em Woking, no Reino Unido, afirma que este modelo é mais rápido do que o McLaren 720S GT3 de competição, com quem partilha todo o sistema de suspensão.

Além dos travões melhorados, é na unidade motriz que as diferenças mais se acentuam, já que este modelo “X” não está obrigado a obedecer às normativas muito restritas da categoria GT3.

VEJA TAMBÉM: McLaren 620R. Já conduzimos e “pilotámos” o que mais próximo há do 570S GT4 de competição

Rédea solta

Contas feitas, e apesar do motor V8 biturbo de 4.0 litros que alimenta os dois carros ser o mesmo, este 720 GT3X consegue produzir 720 cv (ou 750 cv quando se ativa o sistema push-to-pass), aproximadamente mais 200 cv (!) que o 720S GT3 convencional.

Lugar do passageiro é opcional.

Outra das grandes diferenças entre ambas as versões está no interior, onde o GT3X pode oferecer lugar para dois ocupantes, permitindo assim que um passageiro também possa desfrutar da experiência em pista.

A inclusão de um segundo banco — que é opcional — obrigou a que toda a gaiola de segurança fosse redesenhada. Ainda assim, continuamos a ter um volante derivado da competição.

Preço ainda não foi anunciado.

Reservas abertas

A McLaren já está a aceitar reservas para este 720S GT3X no seu site, apesar de ainda não ter divulgado qualquer informação relativa à data de entrega aos clientes nem ao preço. Contudo, será de esperar que esta versão especial seja mais cara até que o 720S GT3 convencional, que tem um preço base a rondar os 500 000 EUR.

Sabe responder a esta?
Em que ano o ABS chegou a um automóvel de produção?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Foi há 40 anos que o ABS chegou a um automóvel de produção

Mais artigos em Notícias