Troféu C1 Learn & Drive

Troféu C1 Learn & Drive. Afinal quanto custa participar?

Desde o Citroën C1 até ao equipamento, passando pelas licenças e inscrição nas provas, afinal de contas quanto custa correr no Troféu C1 Learn & Drive?

Com o arranque do Troféu C1 Learn & Drive aí à porta (a primeira prova está marcada para 24 de abril), hoje relembramos quanto custa participar neste troféu que vai já no seu terceiro ano.

As contas foram feitas pela MotorSponsor, a promotora do troféu, que num conjunto de quatro vídeos nos dá a conhecer o custo médio da aquisição do Citroën C1, da inscrição nas provas, da assistência e tudo o que é necessário para competir.

O primeiro vídeo é dedicado ao custo de aquisição do C1 já preparado, a única forma de correr, pois os kits para transformação dos C1 num “carro de corridas” já esgotaram. Neste ficamos a saber que, em média e dependendo do estado do carro, os valores variam entre os 7000 e os 8500 euros.

A NÃO PERDER: Tudo o que aprendi neste carro que foi de uma idosa

E o equipamento?

Como é óbvio não basta comprar um Citroën C1 para se correr no troféu. Outro dos investimentos com que os aspirantes a piloto podem contar passa pelo equipamento a adquirir e a licença desportiva.

O valor da licença, a Nacional B com o respetivo seguro obrigatório, ascende aos 210 euros. Já o equipamento (fato, capacete, sistema Hans, etc) vê o preço depender do local onde é adquirido, como podemos ver no segundo vídeo.

Prontos para as corridas

No terceiro vídeo ficamos a par dos custos das revisões, assistência, transporte, pneus, combustível e, claro está da inscrição nas provas.

Começando pelas revisões, em média estas custam 322,50 euros (53,75 euros/piloto numa equipa de seis elementos); quanto à assistência (que pode ser mais simples ou completa), esta vê o valor médio ficar-se pelos 1625 euros (270,83 euros/piloto).

VEJA TAMBÉM: Como transformar um Citroën C1 num carro de corridas

Já o transporte vê o seu valor ser influenciado, por exemplo, pela distância para o circuito. Contudo, em média ronda os 200 euros (33,33 euros/piloto). Os pneus custam 495 euros (82,50 euros/piloto) e o combustível 287,50 euros (47,92 euros/piloto).

Por fim, a inscrição nas provas custa 1500 euros, com o valor por cada piloto a fixar-se nos 250 euros numa equipa com seis elementos.

No total, o valor que cada piloto paga por um fim de semana de prova ronda os 950 euros.

O “outro caminho”

Finalmente, há uma forma de “contornar” todos estes custos. Para tal basta concorrer na 2ª edição da C1 Academy Razão Automóvel e obter a melhor avaliação global entre os 14 finalistas.

troféu Citroën C1
O vencedor do C1 Academy Razão Automóvel tem um lugar à sua espera na equipa da Razão Automóvel.

Quem o conseguir fazer vai integrar a equipa da Razão Automóvel e disputar totalmente de graça uma época do Troféu C1.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi produzido o último Citroën 2CV?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O último dos… Citroën 2CV feitos “falava” português

Mais artigos em Notícias