Leilão

BMW M1 que já foi de Paul Walker está a ser leiloado

Como se o BMW M1 já não fosse especial o suficiente, até pela sua relativa raridade, esta unidade fez parte da coleção do malogrado ator Paul Walker.

Além de ser um dos poucos BMW M1 feitos (pouco mais de 450) e de ter tido um famoso ator, Paul Walker, como um dos seus proprietários (ficou mundialmente conhecido pelos filmes da saga Velocidade Furiosa), esta unidade é ainda mais especial por outro motivo.

Estão a ver um muito raro BMW M1 AHG Studie, do qual só foram feitas 10 unidades. É o mais raro dos M1, ainda mais do que o M1 Procar, o de competição, do qual foram feitas 20 unidades. Aliás, o M1 AHG Studie deve a sua existência ao M1 Procar: foi o que mais próximo tivemos de um M1 Procar de estrada.

Para conheceres melhor a história do BMW M1 AHG e do que levou à sua criação, convidamos-te a reler o artigo sobre o primeiro deles todos, que foi leiloado em 2018:

TENS DE VER: BMW M1 AHG Studie. O mais raro dos M1 está à venda

Essencialmente, o BMW M1 AHG Studie era uma versão modificada do M1 regular para se assemelhar mais ao M1 Procar — é mais largo e vem com apêndices aerodinâmicos à imagem do carro de competição —, ao mesmo tempo que recebeu modificações mecânicas: a potência do seis cilindros em linha M88 de 3,5 l subiu dos 277 cv originais para uns mais substanciais 350 cv.

Além de todas as alterações efetuadas, cada uma das unidades do M1 AHG recebeu um esquema de pintura único. Neste caso, podemos ver que sobre a pintura branca original foram adicionadas largas faixas tricolores da BMW M — parece estar pronto a correr; basta colocar uns números nas portas.

O BMW M1 AHG Studie de Paul Walker

Antes de fazer parte da coleção de Paul Walker, este M1 saiu da linha de produção e foi entregue em agosto de 1979 à BMW Schneider, em Bielefeld, na Alemanha. Seria depois transformado pela AHG nos primeiros anos da década de 80 — empresa que comercializava BMW, mas também tinha uma divisão de competição.

O modelo seria importado para os EUA onde fez parte de uma coleção automóvel algures no estado da Georgia até 1995. Um outro colecionador, do estado do Texas, comprou-o em 2011 e pouco tempo depois passou a fazer parte da coleção AE Performance, em Valencia, no Estado da Califórnia, do qual faziam parte Paul Walker e Roger Rodas — ambos falecidos em 2013.

Um ano depois, em 2014, o BMW M1 AHG foi adquirido pelo seu atual proprietário, que agora o colocou à venda no Bring a Trailer, onde o leilão ainda decorre — de momento o valor fixa-se nos 390 mil dólares (aprox. 321 mil euros), mas ainda faltam, à data de publicação deste artigo, sete dias para terminar o leilão. Matriculado originalmente em 1980, percorreu apenas 7000 km em (pouco mais de) 40 anos de vida.

Mais artigos em Notícias