Banco de potência

Tinha de acontecer. Toyota GR Yaris no banco de potência

O novo Toyota GR Yaris é, talvez, o carro mais excitante do ano, mas será que o seu três cilindros turbo de 1,6 l debita todos os cavalos que promete? Próximo destino: banco de potência.

Uma lufada de ar fresco é o mínimo que podemos dizer do pequeno, mas excitante e aguerrido Toyota GR Yaris. Sem dúvida, uma das máquinas mais excitantes a ter surgido neste conturbado ano de 2020.

Faz lembrar tempos idos, quando várias marcas tinham em catálogo autênticos especiais de homologação, em que parecia não ser preciso mais que uns autocolantes com números nas portas para podermos competir num qualquer rali — o GR Yaris é esse tipo de carro. A expetativa à sua volta é grande e os primeiros sinais são muito prometedores.

Mas será que o pequeno GR Yaris entrega tudo o que promete?

TENS DE VER: GR Yaris contra GR Supra. E tu, qual escolhias?

Afinal, estamos a falar de um motor de três cilindros em linha, turbocomprimido, com 1618 cm3 que anuncia 261 cv e 360 Nm — não é um pouco exagerado para o motor que é?

Nada melhor do que levar a pequena bomba a um banco de potência. É o que podemos ver no vídeo do canal NM2255 Car HD Videos, onde um novo Toyota GR Yaris é (bem) preso e assente sobre uns rolos para comprovar que os 261 cv estão lá todos e recomendam-se.

De acordo com o autor do vídeo esta unidade era nova e totalmente de série, com a observação adicional de que a gasolina que o tricilíndrico estava de momento a consumir era de 98 octanas.

Afinal, quantos cavalos este GR Yaris tem?

No final do teste e após uma desapontante nota de escape — culpem as normas anti-ruído — obtemos uns saudáveis 278,1 cv e 367 Nm, mais 17 cv e 7 Nm que os valores oficiais.

É importante referir que estes valores são à cambota e não à roda como é normal vermos nos bancos de potência. As referências “CEngHp” e “CEngTq” (potência e binário, respetivamente) que acompanham os valores assim o confirmam. Ou seja, é o próprio banco de potência que converte automaticamente a potência medida à roda — mais baixa, devido às perdas por transmissão — àquela que o motor debita à cambota.

De qualquer forma, o pequeno tri-cilíndrico parece ter saúde para dar e vender e nós aguardamos ansiosamente o dia em que poderemos pôr as mãos no Yaris GR e explorar todo o seu potencial…

Sabes responder a esta?
Qual a potência do único motor elétrico do BMW iX3?

Mais artigos em Notícias