Venda

Estão à venda dois Mercedes-Benz SL R 129 que nunca foram matriculados

Estes dois Mercedes-Benz SL da reverenciada geração R 129, nunca foram registados e não sabemos bem porquê. Procuram agora o seu primeiro dono.

Seriam já velhos demais? Afinal, ambos os Mercedes-Benz SL R 129 aqui destacados são de 2001 e 2002, altura em que o sucessor, a geração R 230 (apresentada em 2001), já era conhecida. Podem, simplesmente, não ter conseguido encontrar compradores. Além do mais, o SL R 129 de novo já não tinha nada — foi lançado originalmente em 1989!

Por outro lado poderemos estar na presença de um ato deliberado por parte dos concessionários que os deveriam ter vendido. Guardaram estes exemplares tardios desta geração do SL para poderem vendê-los, anos mais tarde, a um qualquer colecionador, talvez com um preço acima de quando eram novos.

Bem, fosse qual fosse a razão, a verdade é que estes dois exemplares do sublime Mercedes-Benz SL R 129 nunca foram matriculados e procuram agora novo dono.

VÊ TAMBÉM: 1 milhão de euros! Este Ford GT usado custou quase duas vezes mais do que quando era novo
Mercedes-Benz SL R 129
Mercedes-Benz SL 500 Silver Arrow Edition (R 129)

E vão-se fazer pagar bem caro por isso, com cada um a ficar por 135 mil dólares, cerca de 114 mil euros, não muito longe do que custaria um SL “novinho em folha” — nos EUA, onde estão à venda, no Classic Center da Mercedes-Benz em Irvine, Estado da Califórnia, são inclusive mais caros do que um SL novo — e uma nova geração já está aí à porta.

SL 500 Silver Arrow Edition

O primeiro exemplar trata-se de um SL 500 Silver Arrow Edition — infelizmente sem imagens, a não ser a única que podes ver mais acima, que nos parece uma foto-montagem —, de 2002, uma edição especial e limitada apenas para os EUA e o Reino Unido. Para os EUA foram enviadas 1515 unidades deste SL 500, mais 100 do SL 600.

Como era ainda costume, havia uma correspondência direta entre a denominação e a capacidade do motor. Assim, por baixo do capô residia um V8 com 5,0 l de capacidade e 306 cv de potência, capaz de garantir 6,5s nos 0-100 km/h e uma velocidade máxima de 250 km/h. Este V8, infelizmente, não viu praticamente ação nenhuma nos seus 18 anos de vida, pois o odómetro só regista 142 milhas, o equivalente a 229 km.

A Silver Arrow Edition adicionava uma série de características únicas como a pintura… Silver Arrow, hardtop na mesma cor, vários detalhes em alumínio polido, jantes de desenho exclusivo com 18″, faróis de xenon (lembram-se deles?) e interior preto com contrastes em cinzento “prata metálica” em vários revestimentos em pele.

Mercedes-Benz SL 500 Silver Arrow Edition R 129
Imagem não é a da unidade à venda.

Faziam ainda parte desta edição especial um carregador de seis CD na traseira, os bancos aquecidos e nem sequer faltava um acessório exclusivo na forma de uma mala (de negócios) com acabamento em alumínio, porta-chaves e caneta, além de um certificado de autenticidade para cada unidade.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-Benz SL 73 AMG (R129): o roadster que emprestou o motor à Pagani

SL 600

A segunda unidade, nunca matriculada, à venda, trata-se de um SL 600 de 2001, que conta apenas com 687 km. A nomenclatura 600 era sinónimo de V12. O longo capô do SL permitia-lhe também albergar a mais nobre das motorizações, o V12 de 6,0 l (M 120) que tinha sido estreado pelo Classe S (W 140) no início da década de 90.

Curiosamente, apesar dos 394 cv debitados não era muito mais rápido que o SL 500, alcançando os 100 km/h em 6,1s — o R 129 sempre foi mais um roadster de luxo do que um ágil desportivo.

De cor preta, o exterior foi enriquecido com um pacote de estilo da AMG (spoiler dianteiro, saias laterais, jantes), enquanto o interior em pele preta vem também com aplicações em madeira de nogueira.

Darias 135 mil dólares por qualquer um destes exemplares, sabendo que é possível encontrar por uma fração deste valor outros SL R129 da mesma altura?

Mais artigos em Notícias