Desde 40 799 euros

Mercedes-Benz A 250 e (218 cv). O primeiro Classe A híbrido plug-in compensa?

O Mercedes-Benz A 250 e é a primeira versão híbrida plug-in do Classe A. Para descobrir se esta variante compensa já a testámos em vídeo.

Depois de ter visto muitos dos seus “irmãos mais velhos” eletrificarem-se, também o Classe A o fez e o resultado foi o Mercedes-Benz A 250 e que protagoniza mais um vídeo no nosso canal de YouTube.

Esteticamente, o primeiro Classe A híbrido plug-in é praticamente idêntico aos Classe A exclusivamente equipados com motor de combustão, extendendo-se as semelhanças ao interior, onde as diferenças se resumem a pouco mais que um conjunto de menus específicos no sistema de infoentretenimento acerca do funcionamento do sistema híbrido plug-in.

Já no que à mecânica diz respeito, o Mercedes-Benz A 250 e conjuga o 1.33 l de quatro cilindros a um motor elétrico de 75 kW (que serve também como motor de arranque do motor de combustão) oferecendo uma potência combinada de 218 cv (160 kW) e um binário máximo combinado de 450 Nm.

VÊ TAMBÉM: Daimler junta-se à Geely para desenvolver motores de combustão interna
Mercedes-Benz A 250 e

A alimentar o motor elétrico encontra-se uma bateria de iões de lítio com 15,6 kWh de capacidade. Quanto ao carregamento, numa Wallbox de 7,4 kW com corrente alternada (AC) a bateria demora 1h45min a passar dos 10% até aos 100%. Já com corrente direta (DC), a bateria pode ser recarregada dos 10% até aos 80% em apenas 25 minutos. Já a autonomia anunciada em modo 100% elétrico anda entre os 60 e os 68 km.

Feitas as apresentações, há uma questão muito simples que se coloca: será que o Mercedes-Benz A 250 e compensa face às variantes exclusivamente equipadas com motor de combustão? Para que descubras “passo a palavra” ao Guilherme Costa:

Preço

unidade ensaiada

44.200

Versão base: €40.800

IUC: €137

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cilindros em linha
    • Capacidade: 1333 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta + Turbo + Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c.; 4 válv./cil.
    • Potência: Motor combustão: 160 cv às 5500 rpm; Motor elétrico: 102 cv; Potência máxima combinada: 218 cv.
    • Binário: Motor de combustão: 230 Nm entre 1620-4000 rpm; Motor elétrico: 300 Nm; Binário máximo combinado: 450 Nm.
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Automática de 8 velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4419 mm / 1796 mm / 1452 mm
    • Distância entre os eixos: 2729 mm
    • Bagageira: 310 litros
    • Peso: 1680 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 1,4 a 1,6 l/100 km
    • Emissões de CO2: 32 a 36 g/km
    • Vel. máxima: 235 km/h
    • Aceleração: 6,6s
  • Equipamento
    • Assistente ativo de faixa de rodagem
    • Assistente ativo de travagem
    • Bancos traseiros rebatíveis
    • Patilhas passagem de caixa no volante
    • Cruise control
    • Sistema de controlo da pressão dos pneus
    • Assistente de limitação de velocidade
    • Ar condicionado automático THERMOTRONIC
    • Faróis em LED High Performance
    • Tomada de carregamento
    • DYNAMIC SELECT
    • Volante multifunções desportivo em pele
    • Pack parking com assistente de parqueamento PARKTRONIC
    • Pack Espelhos com retrovisor exterior do condutor e retrovisor interior com função automática de anti encadeamento e retrovisores exteriores rebatíveis eletricamente
    • Câmara para marcha-atrás
    • Touchpad
    • Sistema de multimédia MBUX
    • Tapetes AMG
    • Sistema de navegação em disco rígido
    • Ecrã central de 10,25"
    • Jantes AMG em liga leve de 5 raios duplos de 18"
    • Eixo de torção
    • Proteção de peões
    • Sensor de chuva
    • Estofos em Pele ARTICO/DINAMICA Preto com pesponto vermelho
Extras
Pintura Metalizada Branco Digital — 609,76 €; Vidros traseiros escurecidos — 325,20€; Linha AMG (inclui: Suspensão Conforto, Design Exterior AMG, Bancos desportivos) — 1829,27 €.
Avaliação
7 / 10
  • Acelerações
  • Resposta do sistema híbrido plug-in
  • Autonomia em modo 100% elétrico
  • Qualidade de montagem elevada mas abaixo dos concorrentes germânicos
Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Testes, Ensaio