Exóticos

Taraschi Berardo. O “irmão” italiano do BMW i8 que custa 800 mil euros

Baseado no BMW i8 e com um nome bem conhecido dos portugueses, o Taraschi Berardo é provavelmente um dos mais raros desportivos italianos.

Criado pela empresa italiana 1-Off em homenagem ao piloto Berardo Taraschi, nascido em Tossicia, Itália, o Taraschi Berardo é o mais recente desportivo proveniente de terras transalpinas, mas recorreu a uma base… germânica.

Desenvolvido a partir do BMW i8, o projeto do Taraschi Berardo contou com o apoio do filho de Berardo Taraschi, Tazio Taraschi e com a Squadra Corse Taraschi, uma empresa que se dedica à assistência técnica dos carros pilotados pelo italiano nas décadas de 1950 e 1960.

Tendo em conta toda esta ligação ao piloto italiano, não admira que este novo desportivo tenha visto as suas linhas inspirarem-se nas do Giaur 750 Sport Champion de 1953, um dos carros pilotados por Berardo Taraschi.

VÊ TAMBÉM: Manhart GP3 F350. Afinal é possível dar (ainda) mais esteróides ao MINI JCW GP
Taraschi Berardo 1-Off

Disfarçar as origens

Pode não parecer, mas debaixo do estilo orgânico e algo retro ostentado pelo Taraschi Berardo encontra-se um bem moderno BMW i8. A diferenciação face ao modelo alemão foi conseguida graças à adoção de vários painéis em alumínio feitos à mão que fizeram o comprimento do i8 crescer até aos 4,98 m (+30 cm).

Desta forma, no exterior a principal evidência da familiaridade entre o i8 e o Berardo acabam por ser as portas de abertura vertical.

Já no interior, apesar do uso massivo de madeira, de couro castanho e de uma consola central redesenhada, o desportivo italiano manteve o mesmo painel de instrumentos, as saídas de ar e o ecrã central de 8,8” do BMW i8.

Taraschi Berardo 1-Off
VÊ TAMBÉM: BMW 767 iL “Goldfisch”. O derradeiro Série 7 com um colossal V16

E a mecânica?

Como é óbvio, ao partir da base do BMW i8 o Taraschi Berardo assume-se como um híbrido plug-in. No entanto, também neste capítulo a 1-Off quis dar o seu cunho ao desportivo.

Desta forma, enquanto no i8 o sistema híbrido plug-in que “casa” um motor elétrico com um 1.5 l de três cilindros totalizando 374 cv de potência combinada, no Berardo este valor sobe para os 420 cv. A marca italiana afirma que é possível aumentar esse valor para os 470 ou até 520 cv! Como? Não é explicado.

Taraschi Berardo 1-Off

Já a transmissão está a cargo de uma caixa automática de seis velocidades e envia a potência às quatro rodas, permitindo alcançar os 100 km/h em 3,9s e os 280 km/h de velocidade máxima.

Apesar de o número exato de exemplares que serão produzidos continuar a ser uma incógnita, uma coisa é certa: cada um deles deverá custar a partir de 800 mil euros.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência da Audi RS4 Avant?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

ABT RS4-S. A Audi RS4 Avant foi ao “ginásio” e ganhou músculo

Mais artigos em Notícias