O Último dos…

O Último dos… leitores de cassetes num automóvel

Por incrível que pareça não foi num passado distante que encontrámos o último dos leitores de cassetes a equipar de série um automóvel.

Hoje em dia só tens de emparelhar o teu smartphone com o sistema de infoentretenimento do carro para teres acesso às tuas músicas — quanto muito tens um cartão SD… Por isso estar a falar do último dos leitores de cassetes num automóvel parece… pré-histórico.

Porém, não é pré-história… Foi em 2010 que o leitor de cassetes deixou de ser equipamento de série num modelo automóvel, o que não deixa de ser surpreendente.

Surpreendente porque nessa altura já se discutia o fim dos leitores de… CD, devido à popularização dos MP3 e também ao número crescente de automóveis com sistemas de infoentretenimento.

TENS DE VER: O Último dos… Volvo com um motor V8
Cassete e caneta
Qual a relação entre estes dois objetos?

Está visto que os leitores de cassetes nos automóveis deram luta antes de desaparecer… Dominaram o interior dos automóveis durante décadas — surgiram em força nos anos 70 —, e mesmo com a chegada do CD resistiram. Só mesmo com o virar do século desapareceram de forma mais evidente.

Mas houve um que durou mais que os outros. Curiosamente não foi nenhum carro barato, como um citadino ou utilitário, o último a ter como equipamento de série um leitor de cassetes. Foi mesmo um veículo de luxo.

O Lexus SC430, a intrigante alternativa a modelos como o Mercedes-Benz SL, foi o último automóvel de que parece haver registo a ter um leitor de cassetes como equipamento de série.

Lexus SC430
Impossível não reparar na entrada para colocar as cassetes na consola central.

Lançado em 2001, o descapotável de luxo de quatro lugares, com um borbulhante V8 atmosférico e capota metálica  — tão em voga na altura —, manteve este equipamento até ao final da sua carreira, em 2010.

Podemos dizer que o fim de produção do SC430 representou o fim de uma era… Pelo menos, assim parece ser.

VÊ TAMBÉM: Lexus LC 500 perde o teto, ganha requinte, continua a impressionar

Há umas ressalvas nesta história. Primeiro, foram os norte-americanos que se referiram ao Lexus SC430 como o último dos automóveis a ter leitor de cassetes de série, tendo em consideração as especificações do modelo vendido nos EUA.

Segundo, como já referi, o leitor de cassetes do Lexus SC430 fazia parte do seu equipamento de série, e por isso é considerado o último automóvel a tê-lo. Porém, o muito americano Ford Crown Victoria também teve um leitor de cassetes disponível, mas na sua lista de opcionais até… 2011, quando deixou de ser produzido.

Ford Crown Victoria
Ford Crown Victoria

Em que ficamos? Não podemos descurar a possibilidade de ter havido um outro modelo noutra parte do mundo ainda a vir com este equipamento de série pós-2010. Tens conhecimento de algum modelo automóvel que tivesse como equipamento de série, ou opcional, um leitor de cassetes pós-2010 além destes dois mencionados? Se sim, deixa nos comentários qual é esse modelo.


Sobre o “O Último dos…”. A indústria automóvel atravessa o seu maior período de mudança desde que o automóvel… foi inventado. Com mudanças significativas constantemente a acontecer, com esta rubrica pretendemos não perder o “fio à meada” e registar o momento em que algo deixou de existir e passou à história para (muito provavelmente) nunca mais voltar, seja na indústria, numa marca, ou até num modelo.

Sabes responder a esta?
Qual foi o modelo que ganhou a primeira edição do Carro do Ano em Portugal?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Nissan Micra. Vencedor do Carro do Ano 1985 em Portugal

Mais artigos em Clássicos