Apresentação

Parece um RAV4 mas não é. Eis o novo Suzuki Across

Fruto da parceria entre a Suzuki e a Toyota, o Suzuki Across é o mais recente SUV da marca japonesa na Europa e a sua aposta entre os SUV híbridos plug-in.

Depois de há uns meses te termos falado acerca do acordo assinado entre a Suzuki e a Toyota, eis que surge o primeiro produto fruto dessa parceria, o Suzuki Across.

Baseado no Toyota RAV4, o Suzuki Across não faz muito por esconder essa familiaridade em termos estéticos.

Assim, com exceção da secção dianteira, a lateral, a traseira e até o interior são idênticos aos do bem sucedido Toyota RAV4, mudando apenas os logótipos e… o volante.

VÊ TAMBÉM: Os renovados Suzuki Ignis e Swift Sport já têm preços para Portugal
Suzuki Across
Parece um Toyota RAV4 mas é mesmo o novo Suzuki Across.

Os números do Suzuki Across

Se esteticamente há pouco para contar, o mesmo não acontece em termos mecânicos, com a Suzuki a aproveitar a parceria com a Toyota para se estrear entre os SUV híbridos plug-in.

Assim sendo, o novo Across “casa” dois motores elétricos (um nas rodas dianteiras e outro nas rodas traseiras) com um motor a gasolina com 2.5 l de capacidade.

Para já, a Suzuki não divulgou qual é a potência máxima combinada nem a potência do motor de combustão, limitando-se a revelar os números dos motores elétricos.

A NÃO PERDER: Suzuki Jimny ou Hummer H1, qual o mais rápido?
Suzuki Across

O dianteiro, alimentado por uma bateria de iões de lítio com 18,1 kWh de capacidade, oferece 182 cv (134 kW) e 270 Nm. Já o traseiro debita 54 cv.

Tendo em conta que o Toyota RAV4 Plug-in Hybrid conta com 306 cv de potência máxima combinada, é provável que o Suzuki Across ande próximo destes números.

Por fim, no que à autonomia, consumos e emissões diz respeito, a Suzuki só revelou dados relativos aos últimos, anunciando emissões de CO2 de 22 g/km (ciclo WLTP).

Suzuki Across
O ecrã do sistema de infotainment mede 9” e é compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.

Tecnologia em alta

Para além de contar com o sistema de tração integral E-Four capaz de variar a repartição do binário dianteiro/traseiro num intervalo de 100/00 a 20/80, o Across conta com uma alargada oferta tecnológica.

VÊ TAMBÉM: Já conduzimos o novo Suzuki Vitara 48 V mild-hybrid. É tão poupado como promete?
Suzuki Across
Com exceção das jantes, visto de lado o Suzuki Across é idêntico ao RAV4.

Assim sendo, no campo dos sistemas de segurança e ajuda à condução encontramos equipamentos como o sistema pré-colisão, de manutenção de trajetória, reconhecimento de sinais de trânsito, controlo de velocidade dinâmico, detetor de ângulo morto ou o alerta de tráfego posterior.

Suzuki Across
A bagageira tem 490 litros de capacidade.

Quando chega?

Com chegada ao mercado europeu prevista para o outono, ainda não se sabe quanto irá custar o novo Suzuki Across em Portugal nem quando estará disponível no nosso mercado.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançada a Suzuki Hayabusa?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Suzuki Hayabusa. A história completa da rainha da velocidade

Mais artigos em Notícias