Apresentação

Bentley Bentayga renova-se e ganha “ares” de Continental GT

O Bentley Bentayga renovou-se e para além de um reforço tecnológico recebeu ainda um novo visual. Já em termos mecânicos, o W12 desaparece na Europa.

Lançado em 2016 e com 20 mil unidades vendidas, o Bentley Bentayga é um caso sério de sucesso no seio da marca britânica.

Ora, para assegurar que o seu primeiro SUV continua a acumular vendas a Bentley decidiu renová-lo, com as principais novidades a surgirem nos capítulos estético e tecnológico.

Começando pela estética, na dianteira temos uma nova grelha (de maiores dimensões), novos faróis com tecnologia LED Matrix e um novo para-choques.

VÊ TAMBÉM: CEO da Bentley: “A atual tecnologia das baterias não nos serve, (e) vejo mais futuro para um segundo SUV…”

 

Já na traseira, onde surgem as maiores mudanças, temos faróis inspirados nos usados pelo Continental GT, um novo portão traseiro sem a matrícula (passou para o para-choques) e ainda saídas de escape ovais.

E no interior?

Chegados ao interior do renovado Bentley Bentayga deparamo-nos com uma nova consola central com novas saídas de ventilação e um ecrã de 10,9” com um novo sistema de infotainment com mapas de navegação por satélite, pesquisa online e Apple CarPlay e Android Auto sem fios.

VÊ TAMBÉM: Cullinan. Não foi amor à primeira vista, mas hoje é a jóia da coroa da Rolls-Royce

Ainda no interior, há a destacar os novos bancos e um aumento de até 100 mm no espaço para as pernas dos passageiros dos bancos traseiros, se bem que a Bentley não explica como conquistou esse espaço extra.

Ainda a pensar nos passageiros dos bancos traseiros, o Bentayga conta com tablets de maiores dimensões (similares aos estreados no Flying Spur), entradas USB-C e até um carregador de smartphone por indução.

E os motores?

No que à mecânica diz respeito, a única novidade passa pelo desaparecimento do motor W12 no mercado europeu.

Assim sendo, inicialmente o renovado Bentley Bentayga vai estar disponível com um 4.0 l, biturbo, V8 com 550 cv e 770 Nm associado a uma caixa automática de oito velocidades e tração integral.

VÊ TAMBÉM: Um Bentley é demasiado comum? A marca responde com o exclusivo Bacalar

Mais tarde estará também disponível na variante híbrida plug-in que conjuga um motor elétrico com uma potência máxima de 94 kW (128 cv) e 400 Nm de binário a um 3.0 l V6 sobrealimentado, com 340 cv e 450 Nm.

Para já os preços e data de chegada ao mercado do renovado Bentley Bentayga ainda são uma incógnita.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Opel Tigra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Tigra, o “coupé do povo”

Mais artigos em Notícias