Elétricos

Mobi.E. Carregar o teu veículo elétrico vai deixar de ser gratuito

É o fim dos carregamentos gratuitos na rede Mobi.E. A partir de 1 de julho de 2020 inicia-se o pagamento dos carregamentos nos Postos de Carregamento Normal de acesso público.

A 01 de julho de 2020 termina o período transitório da rede Mobi.E e inicia-se o pagamento dos carregamentos nos Postos de Carregamento Normal (PCN) de acesso público.

Depois de se ter iniciado o pagamento dos carregamentos nos Postos de Carregamento Rápido (PCR) em 1 de novembro de 2018 e nos carregadores localizados em espaços privados a 1 de abril de 2019, com este anúncio fica concluído o processo de concessão de toda a rede de postos de carregamento público.

O acesso a todos os postos que constituem a rede de Mobi.E passam assim a requerer obrigatoriamente um cartão de acesso à rede de mobilidade elétrica emitido por um dos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME), já que, com o fim da gratuidade nos carregamentos, deixará de ser possível utilizar os cartões emitidos pela Mobi.E.

VÊ TAMBÉM: Pagar para carregar carros elétricos. Como irá funcionar?
Renault Zoe

Consulta a Fleet Magazine para mais artigos sobre o mercado automóvel.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual a capacidade do motor do Renault Mégane R.S. Trophy-R?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O Renault Mégane R.S. Trophy-R voltou ao Nürburgring e… foi mais lento

Mais artigos em Notícias