Tuning

Serão estes os Mercedes-AMG A 45 S mais potentes do mundo?

Afinal, os 421 cv do Mercedes-AMG A 45 S parecem não ser suficientes. Por isso mesmo, as preparadoras Posaidon e Renntech arregaçaram as mangas lançaram mãos à obra.

Com 387 cv ou 421 cv nas versões “S”, se há coisa de que não se pode acusar o M 139 que equipa o Mercedes-AMG A 45 S é de falta de potência — o título de quatro cilindros de produção mais potente é dele, independentemente da versão.

Ainda assim, há quem acredite que o M 139 ainda tenha mais para dar e por isso mesmo as preparadoras Posaidon e Renntech arregaçaram as mangas e lançaram mãos à obra.

Assim sendo, neste momento existe não um, mas dois candidatos a “Mercedes-AMG A 45 S mais potente do mundo”, e é precisamente acerca deles de que te falamos hoje.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG A 45 S mais lento que Renault Mégane R.S. Trophy-R no Nürburgring. Porquê?
Mercedes-AMG A 45 RS 525 Posaidon
Um “RS” na traseira de um Mercedes-AMG, eis uma imagem rara.

A proposta da Posaidon…

Designado por Mercedes-AMG A 45 RS 525, a proposta da alemã Posaidon vê a potência subir para os 525 cv e o binário para os 600 Nm, bem mais que os 421 cv e 500 Nm da variante mais potente.

Este incremento de potência foi conseguido através da instalação de um novo turbo, de um novo mapeamento de gestão do motor e de atualizações do software  da caixa automática de oito velocidades.

Tudo isto permite ao Mercedes-AMG A 45 RS 525 atingir os 100 km/h em apenas 3,4s e alcançar os 324 km/h. Como diz o comunicado da Posaidon:

A título de comparação, esses números significam que o hot hatch é tão rápido quanto o lendário Ferrari F40.

VÊ TAMBÉM: Audi propôs desafio. Mercedes-AMG respondeu com… piões

Para quem não se sente à vontade em trocar o turbo do seu Mercedes-AMG A 45 S, a Posaidon oferece a possibilidade de proceder apenas às alterações de software.

Nesse caso, a potência “fica-se” pelos 465 cv e o binário fixa-se nos 560 Nm. Já os 0 aos 100 km/h cumprem-se em 3,6s e a velocidade máxima fixa-se nos 318 km/h.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG A 45 S 4MATIC+ testado. O senhor eficácia
Mercedes-AMG A 45 RS 525 Posaidon

… e a da Renntech

Da parte da Renntech no início do ano tivemos conhecimento de que estavam a ser testadas um conjunto de alterações de software que permitiriam aumentar a potência para os 475 cv e 575 Nm.

Para além desta transformação a empresa alemã estaria a trabalhar ainda num conjunto de alterações mais significativas — novo turbo, novas mexidas no software e novo sistema de escape — que permitiriam subir a potência para os 550 cv e os 600 cv.

VÊ TAMBÉM: Duelo de gerações: Mercedes-AMG G 63 vs Mercedes-AMG G 63

A Renntech tinha anunciado que estes “kits” chegariam durante o primeiro trimestre de 2020, mas por enquanto ainda não houve notícias nesse sentido, algo a que talvez não seja alheia a pandemia de Covid-19 que entretanto começou a assolar o mundo.

No entanto, não duvidamos das capacidades da Renntech, que tem a Mercedes e a AMG como uma das suas especialidades, em atingir os números prometidos. O M 139 do A 45 S parece ainda ter muito para dar…


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Honda Accord Type R?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Honda Accord Type R
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Lembras-te deste? Honda Accord Type R

Mais artigos em Notícias