Glórias do Passado

Lembras-te deste? Peugeot 505 Dangel 4×4 para todo o terreno

Numa época em que o conceito SUV ainda não tinha sido inventado, já havia uma Peugeot 505 Dangel 4x4 a desafiar jipes, ribeiros, valas e montes. Vamos recordá-la?

Estávamos em 1980. Quem queria um veículo familiar com aptidões todo o terreno só tinha à sua escolha um modelo: o exclusivo Range Rover. Foi a pensar nessa lacuna que o francês Henry Dangel criou uma empresa com o seu nome. Objetivo da Dangel? Converter veículos de tração traseira da marca francesa Peugeot em veículos 4X4. Um desses veículos foi a carrinha do Peugeot 505, rebatizada Peugeot 505 Dangel 4×4.

De resto, a Dangel ainda hoje mantém uma ligação estreita com a Peugeot — ainda continua a transformar modelos da marca (e não só) como a Peugeot Partner, e foi ela quem desenvolveu o sistema de tração integral da Rifter 4×4 Concept.

Em Portugal, as versões «normais» as carrinhas do 505 foram um enorme sucesso de vendas. Os portugueses renderam-se às Peugeot 505 porque eram fiáveis, confortáveis, espaçosas, tinham um design apelativo e uma altura ao solo suficiente para enfrentar algumas incursões fora de estrada.

Peugeot 505
Peugeot 505. Nas zonas rurais, era relativamente comum encontrar exemplares da Peugeot 505 (na imagem) equipadas com pneus «cardados» no eixo traseiro. O reforço das molas da suspensão traseira era outra das modificações mais comuns.

No entanto, haviam quem necessitasse de maior capacidade de tração. Aceder a locais apenas acessíveis a veículos com tração integral e simultaneamente viajar confortavelmente em estrada.

Foi com esses clientes em mente que Henry Dangel criou as primeiras Peugeot 504 e 505 com tração às quatro rodas. Estima-se que, ao todo, a Dangel tenha produzido cerca de 5000 unidades de carrinhas Peugeot 504 e 505.

Peugeot 505 Dangel 4×4 também em Portugal

A Peugeot 505 Dangel 4×4 com matrícula portuguesa — na imagem de destaque do artigo — é um desses exemplos:

Peugeot 505 Dangel 4X4
Onde andará agora esta Peugeot 505 Dangel 4X4 com matrícula portuguesa? ©Ourém nas 24 Horas TT - Vila de Fronteira - Lynxport

Como podem ver, além de três filas de bancos e muito espaço interior, a Peugeot 505 Dangel 4×4 também era um veículo todo o terreno muito competente.

Equipada com um motor 2.0 litros a gasolina e 108 cv, era suficiente para colocar em sentido alguns todo o terreno da época e envergonhar a maioria dos SUV modernos.

Peugeot 505 Dangel 4X4
Nada parece assustar a 505 Dangel 4×4. ©Ourém nas 24 Horas TT - Vila de Fronteira - Lynxport

Estas imagens foram amavelmente cedidas pelo grupo de Facebook “Ourém nas 24 Horas TT – Vila de Fronteira – Lynxport”. Um grupo de apaixonados pelo todo o terreno que partilham através do Facebook memórias das «romarias» que ainda hoje levam milhares de aficionados até à Vila de Fronteira — sabe mais sobre esta prova aqui.

A NÃO PERDER: Ford Ranger RAPTOR Bi-Turbo. Levada ao LIMITE! (vídeo)

Mais artigos da rubrica «Lembras-te deste?»:

NOTA | Queres ajudar-nos? Sobre esta Peugeot 505 Dangel 4×4 portuguesa, já tentámos obter mais informações sobre o seu paradeiro, porém sem sucesso. Dava um excelente conteúdo para o nosso Canal de YouTube, não achas? Se souberes onde ela está — se é que ainda existe… — entra em contacto connosco.

Mais artigos em Clássicos