Desporto automóvel

Já há um calendário (provisório) para o mundial de Fórmula 1

Depois do cancelamento e adiamento de vários GP's, ao que parece o mundial de Fórmula 1 já tem um calendário (provisório). Fica a conhecê-lo.

Tal como praticamente todos os setores da economia e da sociedade, também o mundial de Fórmula 1 tem sido fortemente afetado pela pandemia de Covid-19.

Depois dos GP’s do Bahrain, Vietname, China, Países Baixos, Espanha e Canadá terem sido adiados (alguns deles provavelmente nem se disputarão este ano) e de os GP’s da Austrália, Mónaco e, muito recentemente, França terem sido cancelados, o CEO da Fórmula 1 apresentou um calendário provisório para a competição.

Segundo Chase Carey, o calendário do mundial de Fórmula 1 para 2020 poderá ter entre 15 e 18 corridas. Quanto ao primeiro Grande Prémio, tudo indica que este possa ser o da Áustria, a disputar no próximo dia 5 de julho.

VÊ TAMBÉM: Fórmula 1 de regresso a Portugal? Autódromo do Algarve com homologação GRAU 1 da FIA
Calendário provisório mundial de Fórmula 1

Os planos para o mundial de Fórmula 1

De acordo com Chase Carey, o calendário deverá começar na Europa, passando depois para a Ásia, Américas e terminando no Médio Oriente, já em dezembro.

Assim sendo, Chase Carey afirmou: “o nosso objetivo é começar na Europa, correndo em julho, agosto e início de setembro, com a primeira corrida a decorrer na Áustria, entre 3 e 5 de julho”.

Depois das rondas europeias, o CEO da Fórmula 1 aponta que em setembro, outubro e novembro, o mundial de Fórmula 1 será disputado na Eurásia, Ásia e nas Américas.

A saúde e a segurança de todos os envolvidos continuarão a ser a primeira prioridade e só avançaremos se tivermos a certeza de que temos procedimentos fiáveis para lidar com riscos e possíveis problemas.

Chase Carey, CEO da Fórmula 1

Já o final da temporada, em dezembro, deverá decorrer no Médio Oriente com os GP’s do Bahrain e Abu Dhabi.

Apesar de admitir que as primeiras corridas poderão ser disputadas à porta fechada, Chase Carey espera que, mais tarde, à medida que as medidas restritivas venham a ser levantadas em todo o mundo, as provas do mundial de Fórmula 1 já possam ter espetadores.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que a Renault venceu o seu primeiro GP de Fórmula 1?

Mais artigos em Notícias