Coronavírus

Oficina no Porto dá o exemplo. “Apenas damos assistência a viaturas de emergência”

Os bons exemplos merecem ser partilhados. A Garagem da Lapa, oficina First Stop no Porto, encerrou as suas instalações, mas abriu uma importante excepção.

Declarado o estado de emergência, os bons exemplos sucedem-se. Bons exemplos que felizmente se multiplicam de norte a sul do país.

Através das suas redes sociais, a Garagem da Lapa, oficina First Stop no Porto, fez saber aos seus clientes que “após a declaração de estado de emergência, sentimos a obrigação cívica de contribuir para esta luta difícil encerrando as nossas instalações”.

Um encerramento que tem no entanto uma importante excepção: “estamos disponíveis para atender viaturas prioritárias, como INEM, GNR e Ambulâncias”, lê-se na página de Facebook da oficina.

VÊ TAMBÉM: Objetivo: produzir mais ventiladores. Indústria automóvel responde ao pedido de auxílio
Garagem da Lapa
Pronta para mais uma missão.

Uma excepção que o gerente da oficina portuense, António Costa, admite ser “corajosa” porém “necessária”, visto que estas viaturas têm um contacto privilegiado com os infetados e por isso mesmo têm de ser “assistidas para se manterem no ativo, contra esta ameaça que a a todos nós diz respeito”, terminou.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Mais artigos em Notícias