Segurança

Sistema de manutenção na faixa de rodagem da Ford já não precisa de marcações

A maioria das mortes nas estradas na Europa ocorre em estradas rurais. É por esse motivo que a Ford está a desenvolver sistemas mais eficazes para mitigar acidentes nestas circunstâncias.

Conduzir em áreas rurais é um risco acrescido. O estado do piso, a falta de marcações e as zonas não sinalizadas podem constituir uma ameaça. É por isso que a Ford tem apostado no desenvolvimento e evolução de tecnologia para tornar a condução em zonas rurais mais fácil.

O Ford Road Edge Detection — sistema de deteção dos limites da estrada — é um desses sistemas. Este dispositivo de segurança avalia as condições da estrada que tem pela frente e corrige a trajetória sempre que necessário.

Como funciona

Concebido para ser usado em estradas rurais, a velocidades que podem ir aos 90 km/h, o Ford Road Edge Detection recorre à câmara localizada debaixo do espelho retrovisor para monitorizar os limites da estrada até 50 m à frente do veículo e até 7 m ao seu lado.

VÊ TAMBÉM: Ford Mustang Mach-E chega à Europa com o roadshow “Go Electric”

Nos locais onde o pavimento se altere para empedrado, cascalho ou relvado, o sistema fornece uma correção de trajetória sempre que necessário, prevenindo que o veículo saia da faixa de rodagem.

São estas câmaras que alimentam um algoritmo que determina quando há mudanças claras estruturais na estrada face à área em redor desta. E pode, inclusive, fornecer suporte de direção em estradas marcadas quando a respectiva marcação de faixa é ocultada por neve, folhas ou chuva.

Se o condutor ainda estiver perto da beira da estrada após o suporte inicial da direção, o sistema fará vibrar o volante para alertar o condutor. Durante a noite, o sistema usa a iluminação dos faróis e funciona com a mesma eficácia que durante o dia.

Já disponível

O Road Edge Detection está disponível na Europa no Focus, no Puma, no Kuga e no Explorer, e fará parte da expansão de tecnologias de assistência à condução lançadas nos novos veículos Ford.

Mais artigos em Notícias