Apresentação

GLE Coupé recebe vitamina AMG: V8 biturbo com (até) 612 cv e 850 Nm

Com dois níveis de potência e um sistema mild-hybrid, o Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé é o mais superlativo dos GLE. Fica a conhecê-lo ao pormenor.

Depois de ter sido renovado há uns meses, o Mercedes-Benz GLE Coupé vê agora chegar a mais desportiva das suas versões: o Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé.

Disponível na variante “normal” e na mais radical “S”, o Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé distingue-se dos restantes GLE Coupé graças a pormenores típicos da Mercedes-AMG como a grelha específica, o difusor traseiro, as saídas de escape quadradas ou as jantes de 21”, que sobem para 22″ na versão S.

Passando para o interior, a diferenciação continua a ser feita com base em pormenores. Assim, sendo, o GLE 63 4MATIC+ Coupé apresenta-se com um volante específico da Mercedes-AMG, conta com vários elementos decorativos exclusivos e ainda uma unidade de controlo específica para operar todos os sistemas eletrónicos específicos desta versão.

VÊ TAMBÉM: Duelo de gerações: Mercedes-AMG G 63 vs Mercedes-AMG G 63
Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé

De notar ainda que no Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé o já tradicional sistema MBUX apresenta menus e displays específicos, como o modo “Supersport” no qual temos um conta-rotações central e podemos aceder a informações como um cronómetro, a temperatura do motor e transmissão, medidor de forças-G, entre muitos outros dados.

Os números do Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé

A dar vida ao GLE 63 4MATIC+ Coupé encontra-se um 4.0 l, V8, biturbo que debita 571 cv e 750 Nm, valores que sobem para uns mais “gordos” 612 cv e 850 Nm na versão S. Tal como acontece no GLS 63, também neste caso o motor surge associado a um sistema mild-hybrid de 48 V que oferece mais 22 cv e 250 Nm de binário momentaneamente.

Para enviar toda esta potência para o solo, o GLE 63 4MATIC+ Coupé recorre ao sistema de tração integral 4MATIC+ — que conta com vetorização de binário — e com a caixa automática de nove velocidades Speedshift TCT 9G.

A NÃO PERDER: Mercedes-AMG GT R em vídeo. Que ABUSO de carro!
Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé
Dois turbos, 8 cilindros em “V”, 4.0 l de capacidade e 571 ou 612 cv de potência, eis o cartão de visita do motor do GLE 63 4MATIC+ Coupé.

Tudo isto permite à versão “normal”, o GLE 63 4MATIC+ Coupé, cumprir os 0 aos 100 km/h em 4s e atingir os 250 km/h (280 km/h com o pack opcional AMG Drivers Package). Já na variante “S” os 100 km/h chegam em 3,8s e a velocidade máxima sobe para os 280 km/h, limitados eletronicamente.

Para além do sistema mild-hybrid, o Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé conta ainda com um sistema de desativação de cilindros. Quando o condutor seleciona o modo “Comfort” este sistema fica disponível entre as 1000 rpm e as 3250 rpm e permite que o motor funcione com quatro ou oito cilindros.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-Benz MB 100 D AMG… desculpem? AMG?!
Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé

Um arsenal de tecnologia ao serviço da dinâmica

Para assegurar que o GLE 63 4MATIC+ Coupé não anda bem apenas em linha reta, a Mercedes-AMG dotou-o de um autêntico arsenal tecnológico.

Ao nível das ligações ao solo, o GLE 63 4MATIC+ Coupé conta com barras estabilizadoras ativas (que são alimentadas pelo sistema elétrico de 48 V) e com a suspensão pneumática AMG RIDE CONTROL +, que é ajustável e adaptável e traz três modos — Comfort, Sport, e Sport+.

VÊ TAMBÉM: O primeiro “Panamera” foi um… Mercedes-Benz 500E
Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé
Nos modos “Sport”, “Sport+” e “RACE” a altura ao solo diminui. Já no modo “Comfort” a altura ao solo diminui acima dos 120 km/h e volta à altura normal quando a velocidade desce abaixo dos 70 km/h.

A juntar a tudo isto, o SUV alemão conta ainda com um diferencial traseiro autoblocante eletrónico e ainda com os sistemas AMG Dynamic Select e AMG Dynamics.

O primeiro oferece sete modos de condução: “Comfort”, “Sport”, “Sport+”, “Individual”, “RACE” (exclusivo da versão “S”), Trail e Sand (estes dois últimos pensados para fora de estrada). Já o sistema AMG Dynamics oferece as funções “Basic”, “Advanced”, “Pro” and “Master” que são selecionadas de acordo com o modo de condução.

Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé

Como é óbvio, também o sistema de travagem foi revisto. Assim sendo, o Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé conta com discos de 400 mm de diâmetro e 38 mm de espessura, e maxilas com seis pistões na dianteira e discos de 370 mm x 22 mm com uma maxila flutuante de um pistão atrás.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG leva a Goodwood o A 45 4MATIC+ e…o CLA 45 4MATIC+!

Quando chega e quanto vai custar?

Estas são as duas únicas perguntas que se podem fazer acerca do novo Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé para as quais ainda não há resposta.

No entanto, tendo em conta que o renovado Mercedes-Benz GLE Coupé deverá chegar a Portugal em junho, o mais provável é que o “todo-poderoso” Mercedes-AMG GLE 63 4MATIC+ Coupé chegue na mesma altura ou pouco tempo depois.

Sabes responder a esta?
Qual era a cilindrada do Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)

Mais artigos em Notícias