Apresentação

Toyota Mirai 2020. O primeiro carro a hidrogénio em Portugal

Ainda não há preços, mas já há uma certeza. Até ao final do ano o novo Toyota Mirai, com tecnologia fuel cell, vai ser comercializado em Portugal. Será o primeiro capítulo de uma tecnologia que alguns acreditam ser o futuro do automóvel.

Em Amesterdão, Países Baixos

A história repete-se. Em 2000 a Toyota foi a primeira marca a introduzir no mercado português um veículo eletrificado — o Toyota Prius — e volvidas duas décadas volta a repetir a façanha: vai ser a primeira marca a comercializar um modelo a pilha de combustível — vulgo fuel cell. Uma tecnologia que, neste caso, usa o hidrogénio como combustível.

O modelo que vai inaugurar o capítulo da «sociedade do hidrogénio» em Portugal vai ser o novo Toyota Mirai 2020. Trata-se da 2ª geração do primeiro modelo de produção da Toyota movido a hidrogénio, que foi apresentada o ano passado no Salão de Tóquio.

Confirma neste vídeo, as primeiras informações sobre o novo Toyota Mirai:

Relativamente à potência do motor elétrico do novo Toyota Mirai, a marca nipónica ainda não revelou qualquer valor. Aliás, no que diz respeito às especificações técnicas, as informações ainda são muito escassas. Sabemos que nesta geração a eficiência da pilha de combustível aumentou 30% e que a tração agora é feita às rodas traseiras.

O Toyota Mirai em Portugal

Ao contrário da primeiro geração, o novo Toyota Mirai vai ser comercializado em Portugal. Em declarações à Razão Automóvel, responsáveis da Salvador Caetano — histórico importador da Toyota em Portugal — confirmaram a chegada do Toyota Mirai ao nosso país já este ano.

Nesta primeira fase, Portugal vai ter dois postos de abastecimento de hidrogénio: um na cidade de Vila Nova de Gaia, e outro em Lisboa.

De resto, importa recordar que no capítulo da mobilidade a hidrogénio, a Salvador Caetano está presente em várias frentes. Não só através do Toyota Mirai, mas também através da Caetano Bus que está a desenvolver um autocarro movido a hidrogénio.

Toyota Mirai

Se quisermos estender ainda mais os esforços da Salvador Caetano, podemos mencionar outras marcas que estão sob tutela desta empresa em Portugal: a Honda e a Hyundai, que também comercializam carros movidos a hidrogénio noutros países, e que brevemente podem também fazê-lo em Portugal. Um deles, nós inclusivamente já testámos, o Hyundai Nexo — um teste que podes rever neste artigo.

TENS DE LER: Testámos o Toyota Mirai. O carro que emite «água» pelo escape

Mais artigos em Notícias