Dakar 2020

Carlos Sainz volta a vencer o Dakar e Paulo Fiúza faz história

Na mesma prova em que Carlos Sainz juntou mais uma vitória no Rali Dakar ao currículo, Paulo Fiúza fez história ao lado de Peterhansel e subiu ao pódio.

Num Rali Dakar ensombrado pela morte de Paulo Gonçalves, Carlos Sainz juntou ao seu currículo mais uma vitória na maior e mais conhecida maratona todo-o-terreno do mundo.

No total, o piloto espanhol conta já com três vitórias no Rali Dakar e, curiosamente, todas foram alcançadas com marcas diferentes. Em 2010, pilotava um Volkswagen; em 2018 seguia aos comandos de um Peugeot e este ano correu com um MINI da X-Raid.

Quanto à prova propriamente dita, após 5000 km de corrida, o piloto espanhol bateu o segundo classificado, Nasser Al-Attiyah que correu aos comandos de uma Toyota Hilux, por seis minutos.

VÊ TAMBÉM: Do Peugeot 205T16 ao 3008 DKR. A história (quase) completa
MINI Buggy X-Raid
Com a vitória em 2020, Carlos Sainz passou a contabilizar com três vitórias no Dakar.

Já no lugar mais baixo do pódio fez-se história, com Paulo Fiúza, co-piloto de Stéphane Peterhansel neste Rali Dakar, a tornar-se no primeiro português a subir ao pódio na categoria de automóveis do famoso rali, melhorando o registo alcançado por Carlos Sousa em 2003, ano em que ficou em quatro lugar na categoria.

Ainda entre os portugueses que correram no primeiro Dakar disputado na Arábia Saudita em veículos com quatro rodas, Pedro Bianchi Prata, navegador de Conrad Rautenbach nos SSV, manteve-se na luta pelo pódio até ao fim, algo notável para alguém que só este ano se estreou como navegador na prova rainha do todo-o-terreno.

VÊ TAMBÉM: 12 carros que ninguém esperava ver no Rali Dakar
MINI Buggy X-Raid
Na estreia ao lado do “Sr.Dakar”, Paulo Fiúza conseguiu o melhor resultado de sempre de um português entre os automóveis.

E as motos?

Nas motos, o grande vencedor foi Ricky Brabec que aos comandos de uma Honda colocou fim a um domínio da KTM que se prolongava desde 2001 e a um jejum da Honda que durava há… 31 anos!

Por detrás desta vitória, estão ainda os ex-pilotos Rúben Faria e Hélder Rodrigues que integraram a estrutura da Honda neste Dakar, com o primeiro a assumir as funções de diretor de equipa e o segundo a ser o “conselheiro” dos pilotos da equipa japonesa.

VÊ TAMBÉM: DAF Turbo Twin: o «supercamião» que queria vencer o Dakar à geral
Honda Dakar 2020
Ricky Brabec alcançou a primeira vitória da Honda no Rali Dakar em 31 anos.

Ainda entre os portugueses que correram na categoria das motos, António Maio alcançou um 27º lugar enquanto Mário Patrão terminou esta edição do Rali Dakar no 32º lugar da classificação.

Sabes responder a esta?
Em que dia arrancou a primeira comitiva do Paris-Dakar?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Foi assim que nasceu o Dakar, a maior aventura do mundo

Mais artigos em Notícias