Duas rodas

É oficial. Vem aí uma scooter elétrica da SEAT

Depois da eXs kickscooter, a SEAT prepara-se para apostar ainda mais nas duas rodas com a sua primeira scooter elétrica. A chegada está marcada para 2020.

A SEAT está apostada em liderar a estratégia de micromobilidade do Grupo Volkswagen (isto apesar de muito se falar acerca de um possível posicionamento mais premium). Por isso mesmo, a marca espanhola prepara-se para reforçar a sua aposta nas duas rodas.

Depois de se ter estreado no mundo das trotinetas elétricas (ou KickScooters) com a pequena eXS, a marca espanhola vai agora revelar o protótipo da sua primeira scooter elétrica no Smart City Expo World Congress, em Barcelona.

Equivalente a um motociclo com 125 cm3 de cilindrada (sim, pode ser conduzida com carta de condução de categoria B), a scooter elétrica da SEAT tem chegada prevista ao mercado em 2020 e não só vai estar disponível para clientes particulares como para serviços partilhados.

VÊ TAMBÉM: Testámos o SEAT Ibiza 1.6 TDI 95 cv DSG FR. Quanto valem duas siglas?

Uma visão mais alargada

Integrada numa estratégia de mobilidade urbana que conta ainda com a SEAT eXS e com o futuro Minimó, a scooter elétrica da SEAT (cujo nome não foi revelado) vai ser desenvolvida em colaboração com o fabricante de scooters elétricas Silence, sediado em Barcelona.

A criação de uma scooter elétrica por parte da SEAT insere-se num processo de conversão no qual a marca pretende tornar-se num fornecedor de serviços de mobilidade, indo além do fabrico de veículos. O objetivo desta conversão passa por responder àquela que é, segundo a SEAT, uma das grandes tendências da mobilidade: a economia colaborativa, partilhada e sustentável.

O contínuo crescimento das grandes cidades faz com que a mobilidade eficiente se assuma como um dos principais desafios.

Luca de Meo, Presidente da SEAT

Como que a provar a intenção da SEAT em fazer essa conversão, a marca espanhola que agora se prepara para revelar a sua primeira scooter elétrica, conta já com serviços de carsharing através da Respiro, isto para além de disponibilizar a SEAT eXS para serviços partilhados através da start-up UFO.

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos