Salão de Guangzhou 2019

Este é o interior do novo Mercedes-Maybach GLS

O Mercedes-Maybach GLS quer ser o derradeiro SUV de luxo e o seu opulento interior é, talvez, o melhor cartão de visita para o confirmar.

É o Salão de Los Angeles que continua a receber todas as atenções, mas foi no Salão de Guangzhou, na China, que foi revelado o novo Mercedes-Maybach GLS.

O novo e enorme SUV é a versão hiper-luxuosa do GLS que já conhecemos — se o Classe S fosse um SUV, seria o GLS —, mais indicada para enfrentar rivais como o Bentley Bentayga.

E luxo é o que podemos observar quando entramos no seu interior. Pele, de vários tipos e tons parece ser a escolha para revestir o interior e os bancos, mas é na segunda fila de bancos que se distinguem verdadeiramente os GLS “Benz” dos GLS “Maybach”.

VÊ TAMBÉM: Bentley Bentayga PHEV. O SUV de luxo britânico apresenta-se em versão híbrida

Ocupantes traseiros privilegiados

Podemos ter à mesma três lugares atrás, mas é a versão opcional de apenas dois lugares individuais que faz realmente a diferença, separados por uma vasta consola central fixa. Esta consola está disponível com mesas extensíveis e até pode ter um frigorífico para colocar as… garrafas de champanhe — e com copos de champanhe de prata a acompanhar.

Os bancos traseiros são climatizados e têm função de massagem, de série, e podem ainda reclinar eletricamente. Os seus ocupantes têm ainda acesso a cortinas de proteção solar nas janelas laterais de acionamento elétrico. De série também existe um teto panorâmico elétrico com cortina de proteção solar.

Percebe-se que o Mercedes-Maybach GLS é mais para ser conduzido do que para conduzir, dado a ênfase colocada no conforto e conveniência dos ocupantes traseiros.

Além do que já descrevemos, para garantir um superior isolamento acústico, o compartimento das bagagens está separado do habitáculo através de uma divisória rígida e de gôndola fixa. O sistema de ar condicionado é também separado para os bancos traseiros e contém ainda aquecedores adicionais. Temos ainda acesso às funcionalidades de conforto e entretenimento do sistema MBUX através de um tablet.

“Escalar” o vasto SUV para aceder ao luxuoso interior? Nada disso.

Mercedes-Maybach GLS 2020

O Mercedes-Maybach GLS vem equipado com estribos — alumínio com faixas de borracha preta — eletricamente extensíveis. Basta abrir a porta para que estes saiam da sua posição recolhida e fiquem iluminados (em caso de pouca luz), ao mesmo tempo que a suspensão Airmatic (pneumática) baixa ligeiramente a carroçaria para facilitar a entrada e saída do vasto SUV.

Distinto também por fora

Se é o seu interior o ponto de destaque, o seu exterior também não foi esquecido.

Relativamente ao GLS que já conhecemos, é na dianteira que nos deparamos com as maiores diferenças. Não só recebe uma grelha distinta, que já vimos em vários concepts da marca, com uma muito distinta grelha inferior.

As jantes são também únicas, com 22″ ou 23″, assim como as ponteiras de escape, e podemos encontrar a insígnia da Maybach em vários pontos da carroçaria, como no pilar D. Outro pormenor exclusivo do Mercedes-Maybach GLS? A pintura bi-tom, característica dos modelos da Maybach.

VÊ TAMBÉM: Primeiro SUV de luxo da Mercedes-Maybach surge antes do tempo

Luxo possante

De nome completo Mercedes-Maybach GLS 600 4MATIC, por trás do número 600 encontramos um “hot V“, um V8 twin turbo, com 4.0 l de capacidade com 558 cv e, talvez mais importante, uns expressivos 730 Nm de binário máximo. O GLS adiciona ainda um sistema semi-híbrido EQ Boost de 48 V.

Mercedes-Maybach GLS 2020

As prestações são mais do que “adequadas”, considerando os quase 2800 kg de massa, lançando o GLS até aos 100 km/h em apenas 4,9s e atingindo 250 km/h de velocidade máxima (eletronicamente limitada).

Quando chega?

Ainda não foram divulgados preços para Portugal, mas o lançamento do novo Mercedes-Maybach GLS 600 4MATIC acontecerá no segundo semestre de 2020.

Sabes responder a esta?
Quantos cavalos tem a terceira geração do Mini John Cooper Works GP?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

John Cooper Works GP. Os números do mais radical e rápido Mini de sempre

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos