Pebble Beach

Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet: um iate para andar na estrada

Após ter deslumbrado o ano passado o mesmo evento com um coupé, a Mercedes-Maybach regressa Pebble Beach para revelar o Vision 6 Cabriolet.

A Mercedes prometeu uma grande surpresa e cumpriu. O Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet é um longo descapotável derivado do coupé com o mesmo nome que conhecemos o ano passado, no mesmo evento, o Pebble Beach Concours d’Elegance.

E tal como o nome do evento, também o longo descapotável – quase 5,8 metros de comprimento, veste a elegância como poucos. Para compreender o Vision 6 Cabriolet temos de recuar à década de 30 do séc. XX. Influenciado por movimentos como o Art Deco, foi neste período que se desenharam alguns dos automóveis mais belos do mundo. Criações únicas, onde o estilo e a sumptuosidade imperavam, desenhadas pelos mais reputados carroçadores, estilistas e designers.

O Vision 6 Cabriolet reinterpreta as premissas dessa época, recuperando o mesmo tipo de proporções. Capot longo e superfícies fluídas e depuradas que se alongam em direção a uma traseira tipo barco – baixa e curvilínea. Um iate para andar na estrada?

A carroçaria, de linhas fluídas e orgânicas, é quebrada por alguns elementos estruturais – cromados -, que contrastam com o profundo tom azul náutico da carroçaria. Destaca-se a linha lateral que assenta sobre o topo da carroçaria – um filete cromado -, percorrendo toda a extensão do carro, iniciando-se na massiva grelha dianteira até às esguias óticas traseiras.

As rodas são de 24 polegadas, e se poderiam ser consideradas exageradas num outro veículo qualquer, no vasto Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet parecem… adequadas.

Interior casa sofisticação com tradição

O interior iguala o exterior em sumptuosidade e elegância. Apenas dois lugares e um habitáculo que casa a “tradição” com as necessidades tecnológicas, inspirado também pelo mundo dos iates. Fluidez foi a palavra de ordem na sua concepção, tal como o exterior, com o objectivo de criar um lounge de luxo aberto a 360º. Tal percepção é conseguida por uma faixa de luz (um longo display) que atravessa o tabliê, passando pelos painéis das portas e unindo-se na traseira, passando a fazer parte do túnel central.

Apesar da sofisticação, o Vision 6 Cabriolet não prescinde dos mostradores analógicos para o painel de instrumentos, distinto do percurso que a Mercedes-Benz tem percorrido nos modelos de produção.

Segundo a marca, num mundo cada vez mais digital, surge a necessidade de uma experiência luxuosa analógica. Complementando os instrumentos analógicos o Vision 6 Cabriolet vem com dois head-up displays.

Os botões que vêm nas imagens que prendem a pele para um acabamento acolchoado são reinterpretados como símbolos da Mercedes – a conhecida estrela de três pontas – e iluminados em azul.

O Vision 6 Cabriolet é elétrico. Prenúncio do que aí vem?

Para movimentar o Vision 6 Cabriolet, e tal como o Coupé do ano passado, recorreu-se a quatro motores elétricos, um por roda, totalizando cerca de 750 cv. Espaço para baterias sob a vasta carroçaria é mais que generoso, permitindo mais de 320 km de autonomia (segundo normas americanas), ou 500 km sob o mais permissivo ciclo NEDC.

Performance não falta: o vasto descapotável é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 4.0 segundos e a velocidade máxima está limitada aos 250 km/h. Performance associada também ao carregamento, com uma função de carga rápida, que permite 100 km extra de autonomia em cinco minutos de carregamento.

Após o fim da Maybach como marca independente, passando agora a ser a Mercedes-Maybach – versões super luxuosas de modelos da Mercedes-Benz -, será que o Vision 6, tanto o coupé como o descapotável, podem apontar para um regresso de uma Maybach como marca independente?

Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet e Coupé
Sabes responder a esta?
Em qual modelo é baseado o primeiro SUV da Mercedes-Maybach?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-Maybach G650 Landaulet, um «off-roader» de luxo com 630 cv

Mais artigos em Notícias