Arranque a Frio

É impossível não reparar na chave do Ferrari Roma

O novo Ferrari Roma é um elegante GT coupé, mas a chave que o acompanha, por outro lado, parece ser bem mais… exibicionista.

O Ferrari Roma é o novo GT da casa de Maranello, cujas proporções e linhas evocam os Grand Turismos de outrora, onde se destacam as formas mais suaves e uma agressividade (visual) bem mais contida, com a elegância a ganhar protagonismo.

No entanto, a chave do Ferrari Roma não podia ser mais diferente. Uma das faces da chave retangular não é mais que o emblema oficial da Ferrari, e considerando até a sua dimensão, parece exagerada e deselegante, ao contrário do coupé a que dá acesso.

É o que podemos ver na publicação de Jack Rix, da Top Gear, que esteve na apresentação oficial do Ferrari Roma.

Que justificação para algo, assim, tão… exibicionista e ostentativa? Terão os proprietários de Ferrari tanta necessidade de em mostrar que têm um Ferrari? Se sim, então esta opção por parte da marca foi a acertada, revelando como conhece bem os seus clientes.

A Ferrari não é a única a apostar na chave dos seus carros como mais um símbolo de ostentação. Lembram-se da chave Phantom? 

VÊ TAMBÉM: Os sistemas keyless (sem chave) são seguros? Pelos vistos nem por isso

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Em que ano surgiu o Ferrari F40?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ferrari F40. Três décadas a apaixonar (e intimidar)

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos