Mercado

Procura pelo e-208 surpreende a… Peugeot

Apesar de ainda não ter preços para Portugal, o e-208 já está a conquistar fãs lá fora com a procura inicial a surpreender até a Peugeot.

Pode ainda não ter preços para o nosso mercado mas a verdade é que o Peugeot e-208 já está a ter sucesso. Quem o confirmou foi o CEO da Peugeot, Jean-Philippe Imparato, em declarações dadas à Automotive News Europe à margem da apresentação do novo 208 que está a decorrer em Portugal (e onde a Razão Automóvel também vai marcar presença).

De acordo com as previsões da Peugeot, cerca de 10% dos novos 208 vendidos irão ser elétricos. No entanto, a julgar pela elevada procura que o e-208 tem tido neste início de comercialização em vários mercados, essa previsão é capaz de ser algo pessimista.

É que segundo Jean-Philippe Imparato, “cerca de um quarto das pré-encomendas recebidas são para o e-208”, ou seja, cerca de 25% das pessoas que pré-encomendaram o novo 208 optaram pela inédita versão elétrica.

VÊ TAMBÉM: 5 dicas para cuidares bem do teu turbo
Peugeot e-208
As diferenças entre o 208 a gasolina e a versão elétrica não são fáceis de encontrar.

Conclusões só mais para a frente

Apesar desta surpresa inicial e dos bons indicadores, para Imparato ainda é demasiado cedo para tirar conclusões profundas acerca do impacto que a versão elétrica vai ter nas vendas globais do novo 208, podendo estas pré-encomendas serem apenas resultado dos chamados “pioneiros tecnológicos” que gostam de ser os primeiros a adotar novas tecnologias.

Seja como for, o CEO da Peugeot fez questão de referir que, mesmo que as vendas se fiquem apenas pelos 10% inicialmente previstos a Peugeot deverá ter lucro com o e-208, não sendo preciso vendas superiores às previstas pela marca para atingir o famoso break even.

VÊ TAMBÉM: Já conduzimos o novo Renault Zoe. Tudo o queres saber está aqui
Peugeot e-208
O preço do e-208 em Portugal continua a ser uma incógnita.

Para Imparato, uma das principais vantagens do e-208 “é o facto de o seu valor residual ser, segundo especialistas, 2000 euros superior ao de um modelo a gasolina”.

Por falar em gasolina, o objetivo da Peugeot é que o e-208 tenha um custo total de propriedade (que inclui a aquisição, manutenção e utilização) idêntico aos dos 208 equipados com a versão de 130 cv do motor 1.2 a gasolina.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos