Entrevista

Entrevista. O que podemos esperar da marca CUPRA?

Entrevistámos o Diretor para o Desenvolvimento Comercial da CUPRA, Antonino Labate, e ficámos a saber o que nos reserva o futuro da marca.

Depois de termos entrevistado o CEO da CUPRA, Wayne Griffiths, à margem do Salão de Genebra deste ano, tivemos oportunidade de colocar algumas questões ao Diretor para o Desenvolvimento Comercial da CUPRA, Antonino Labate.

Desde os planos da CUPRA para o futuro da mobilidade até à parceria entre a marca e o WPT (World Padel Tour), passando até por alguns projetos da CUPRA na área da decoração e moda, fica a conhecer melhor o que reserva o futuro da marca nesta entrevista.

Razão Automóvel (RA): depois do Formentor vocês apresentaram um novo SUV ainda mais desportivo, o Tavascan, que é 100% elétrico. Quando é que planeiam lançar as versões de produção de ambos os modelos?

Antonino Labate (AL): Este ano a CUPRA apresentou dois protótipos que demonstram a ambição, expressividade e inspiração que a CUPRA tem e que sublinham o nosso posicionamento enquanto uma marca tecnológica com os olhos postos no futuro.

VÊ TAMBÉM: SEAT Leon Cupra R ST. Lobo em pele de… isso mesmo!
cupra formentor
O CUPRA Formentor, o híbrido plug-in que chegará ao mercado em 2020.

No último Salão de Genebra revelámos o CUPRA Formentor, um híbrido plug-in de elevadas performances que conjuga as mais valias de um desportivo com as de um SUV, isto numa fase em que se prevê que o segmento dos CUV venha a conhecer um incrível crescimento.

Com 245 cv e 50 km de autonomia em modo 100% elétrico, o CUPRA Formentor vai ser produzido na fábrica da SEAT em Martorell baseando-se na plataforma MQB.

Este modelo não só vai ser um marco na história da nova marca como da fábrica, pois vai ser o primeiro híbrido plug-in a ser produzido em Martorell. Quanto à chegada ao mercado, essa deverá ocorrer durante o próximo ano.

VÊ TAMBÉM: Tavascan. Fica a conhecer o primeiro elétrico da CUPRA
CUPRA Tavascan
O CUPRA Tavascan concept é uma proposta 100% elétrica, foi apresentado no Salão de Frankfurt de 2019.

Para além disto, no último Salão de Frankfurt revelámos o CUPRA Tavascan Concept. Com uma potência total de 306 cv, este protótipo “casa” a presença de um SUV com a elegância de um coupé desportivo, demonstrando uma vez mais o potencial de evolução do design da CUPRA e serve ainda como uma janela para a nossa visão de “performance eletrificada”.

Caso o CUPRA Tavascan Concept venha a tornar-se num modelo de produção, nós vamos disponibilizar  todos os detalhes no momento certo.

RA: O primeiro CUPRA foi o CUPRA Ateca. É possível que venha a existir um CUPRA Tarraco no futuro? Talvez baseado na nova versão híbrida plug-in?

AL: A CUPRA é uma marca no caminho certo, com bons resultados de vendas e uma estrutura consolidada. O lançamento do nosso primeiro modelo, o CUPRA Ateca, impulsionou as vendas da marca em 70% nos primeiros oito meses de 2019.

CUPRA Ateca
O CUPRA Ateca foi o primeiro modelo da nova marca do Grupo Volkswagen. Debaixo do capot conta com um 2.0 TSI e 300 cv.

Estamos a criar o nosso próprio caminho no mundo automóvel ao responder às necessidades dos clientes jovens e exigentes que procuram produtos únicos. Um CUPRA Tarraco não está, para já, nos nossos planos.

RA: A CUPRA tem o desporto automóvel no seu ADN. Tendo em conta que em 2022 o WRC vai contar com modelos híbridos, é possível um regresso da CUPRA às etapas de rali?

AL: Estamos perfeitamente cientes de que o futuro da competição vai evoluir no sentido do uso de formas alternativas de propulsão como os sistemas híbridos ou até a propulsão 100% elétrica. A marca tem vindo a trabalhar nestas áreas desde o seu nascimento.

Em 2018 desenvolvemos CUPRA e-Racer, o primeiro carro de turismo 100% elétrico. É um verdadeiro carro de competição, debitando 300 kW de potência contínua e até 500 kW em alguns picos.

VÊ TAMBÉM: O que está por baixo da carroçaria do CUPRA e-Racer?
Cupra e-Racer 2018
O CUPRA e-Racer é o primeiro carro de turismos 100% elétrico e a visão da CUPRA acerca do futuro do desporto automóvel.

Para continuar a desenvolver o futuro do desporto automóvel, contratámos o piloto Mattias Ekström como embaixador da CUPRA e piloto oficial do e- Racer. O campeão sueco vai conduzir a estratégia de competição da marca e vai estar envolvido no desenvolvimento do e-Racer.

Os nossos engenheiros vão trabalhar lado a lado com o Mattias Ekström nos testes do CUPRA e-Racer e no desenvolvimento de futuros modelos de competição elétricos. No geral, a CUPRA vai aproveitar a experiência de competição do Mattias Ekström e a sua capacidade de inovação para redefinir o futuro da competição e desenvolver novas experiências à volta do desporto automóvel global.

VÊ TAMBÉM: CUPRA e-Racer consome 200 kg… de gelo seco por dia
Mattias-Ekstrom_CUPRA E-RACER
Mattias Ekström vai ser piloto oficial do CUPRA e-Racer e embaixador da marca.

No entanto, quaisquer envolvimentos da CUPRA noutras formas de desporto automóvel serão comunicadas a seu tempo.

RA: E um CUPRA Ibiza? O Ibiza CUPRA é um modelo tão icónico, representa o nascimento do nome CUPRA. A questão que todos colocam é: porque não? 

AL: No lançamento da nossa marca, no ano passado em Terramar, revelámos dois exercícios de design: o CUPRA Ibiza e o CUPRA Arona. Ambos foram revelados como exemplos daquilo que a marca poderia vir a ser.

VÊ TAMBÉM: SEAT Ibiza MK5. Qual é a melhor versão?
CUPRA Ibiza
O CUPRA Ibiza chegou a surgir como protótipo mas não faz parte dos planos da marca.

No entanto, estes modelos não fazem já parte dos nossos planos e por essa razão não serão lançados nem farão parte da nossa gama.

RA: No ano passado assistimos a uma forte ligação entre a CUPRA e a Ducati no MotoGP. Uma mota CUPRA é algo que poderemos ver no futuro?

AL: A CUPRA tem noção de que a indústria automóvel está em transformação, por isso mesmo, iremos perseguir todos os projetos que se alinhem com os valores da nossa marca e que sigam as tendências de mobilidade.

Por exemplo, no último Salão de Frankfurt apresentámos a CUPRA Kick Scooter, um exercício de estilo feito especialmente para o CUPRA Tavascan Concept. Para além disso, a CUPRA também apresentou uma bicicleta com o estilo distinto da marca e que foi desenvolvida em colaboração com a FABIKE Projects studio.

VÊ TAMBÉM: A SEAT apresentou uma… trotinete elétrica. Conhece a SEAT eXS
CUPRA eXS kickscooter
A CUPRA eXS kickscooter Concept é, para já, a única incursão da marca pelo mundo das duas rodas.

Apesar de uma mota da CUPRA não fazer parte dos nossos planos, estamos sempre abertos a desenvolver todas as formas de soluções de mobilidade para o futuro.

RA: A CUPRA está a investir no desenvolvimento de mobiliário, malas e óculos de sol. Já é possível comprar estes produtos? 

AL: Na tentativa de ser mais do que apenas uma marca automóvel, a CUPRA criou todo um universo à volta da sua “garagem”. Colaboramos com parceiros relevantes na área do lifestyle para desenvolver coleções limitadas e exclusivas.

Na escolha dos nossos parceiros procuramos pessoas movidas pela paixão e cujo projetos tenham um carácter especial e que partilhem o mesmo entendimento da CUPRA acerca de como criar experiências.

VÊ TAMBÉM: Agora já tens onde comprar um CUPRA em Portugal

Tendo isto em conta, a CUPRA fez uma parceria com as oficinas italianas da TRAKATAN e L.G.R para criar uma linha exclusiva de malas, acessórios e óculos de sol. Estas colecções podem ser adquiridas em toda a rede de concessionários da CUPRA. Isto faz com que sempre que um cliente visita um dos 235 CUPRA Corners se sinta completamente imerso no “universo CUPRA”.

VÊ TAMBÉM: Conhece os robots que “dão o nome” aos carros da SEAT
CUPRA Corner
A CUPRA conta no total com 235 pontos de venda, um eles é em Lisboa.

RA: Quais são os maiores desafios que a CUPRA enfrenta neste momento?

AL: Somos uma marca “bem nascida” que está a obter bons resultados nos seus primeiros anos no mercado. Entre janeiro e agosto vendemos 17 050 carros, um valor superior ao alcançado ao longo de todo o ano de 2018. Ao mesmo tempo, consolidámos a nossa estrutura organizacional com o estabelecimento de uma equipa de gestão e aumentámos o nosso staff em 50%.

Começámos a construir uma nova sede que será inaugurada no início do próximo ano, estamos a lançar um “universo” CUPRA ao completar a implementação da nossa rede de distribuição que neste momento conta já com 235 CUPRA Corners e iniciámos ainda colaborações com novos parceiros como, por exemplo, o FC Barcelona.

VÊ TAMBÉM: CUPRA faz aliança global com o FC Barcelona
CUPRA e FC Barcelona, aliança

A inauguração da nova sede da CUPRA será o culminar da nossa consolidação como uma marca independente. A acrescentar a tudo isto, no próximo ano vamos lançar o nosso novo modelo independente, o CUPRA Formentor, e dois modelos híbridos.

Assim sendo, o nosso maior desafio será provar a nossa capacidade no mercado e mostrar que a performance pode ser electrificada.

RA: Em relação ao WPT, o que é que a CUPRA espera obter com esta parceria?

AL: A CUPRA é uma marca que partilha os valores de paixão, determinação e desportivismo com o mundo do padel. Tanto a CUPRA como o WPT são duas histórias de sucesso que conquistaram, respetivamente, os amantes dos automóveis e do desporto que procuram um estilo de vida contemporâneo.

Esta filosofia comum levou-nos a decidir fazer algumas incursões e parcerias num desporto que cresceu exponencialmente nos últimos anos.

Para além de ser o segundo desporto mais praticado em Espanha (com cerca de cinco milhões de praticantes), o padel é também o desporto que mais depressa está a crescer na Europa. Acreditamos que o padel tem potencial para se expandir pelo mundo inteiro, por isso mesmo queremos apoiar a sua expansão internacional.

VÊ TAMBÉM: Estradas mais seguras com tecnologia 5G? A SEAT acredita que sim
CUPRA Ateca front view with padel players
A CUPRA associou-se ao WPT e conta com Alejandra Salazar, Ariana Sanchez, Fernando Belasteguin e Pablo Lima como embaixadores.

Jogar do mesmo lado é a melhor forma de assegurar uma vitória. Por isso é que no passado mês de junho assinámos uma parceria com o World Padel Tour para os próximos três anos. Este ano fomos o parceiro internacional oficial do circuito de padel. Ora isto significa que a CUPRA vai estar presente em seis eventos do WPT.

Aliás, a estreia da CUPRA em torneios internacionais de padel decorreu em Portugal, mais precisamente no Portugal Padel Master em Cascais. O acordo com o WPT também se estende para os próximos dois anos, sendo que em 2020 e 2021 a CUPRA vai ser o patrocinador premium do circuito de padel em todos os torneios nacionais e internacionais que decorram em Espanha.

RA: Por fim, tem algum jogador favorito? 

AL: Se tivesse de escolher um, seria sempre um dos embaixadores de padel da CUPRA. Reunimos uma equipa única de atletas profissionais, com membros do Top-10 como Fernando Belasteguín, Pablo Lima, Alejandra Salazar e Ariana Sánchez.

VÊ TAMBÉM: Testámos o SEAT Ibiza 1.6 TDI 95 cv DSG FR. Quanto valem duas siglas?

Os atletas de padel profissionais ostentam o logo da CUPRA desde o início da época e a verdade é que, juntos, já alcançámos grandes resultados. A paixão, precisão, determinação e coragem que a CUPRA transmite acompanham estes quatro atletas nos courts em todos os torneios do circuito profissional de padel.

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da história da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos