Salão de Frankfurt

Opel Corsa A Sprint. Há 36 anos era este que brilhava em Frankfurt

Toda a gente fala no Opel Corsa-e, mas é este não nos sai da cabeça. O Opel Corsa Sprint, desenvolvido em parceria com Irmscher nos anos 80.

O Opel Corsa Sprint nasce da pergunta que os engenheiros da Opel fizeram há quase 40 anos: até onde é que pode chegar um Opel Corsa A?

Para obter resposta, foram bater à porta da Irmscher. “Olá meus senhores, queremos saber até onde se pode ir com o nosso modelo mais recente: o Opel Corsa A”.

A Irmscher deve ter respondido algo como “voltem daqui a uns meses. Nós vamos ver o que é podemos fazer com ele. Mas ficam já avisados… só tratamos da mecânica”.

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Frankfurt 2019 estão aqui
Opel Corsa Sprint 1983

E assim foi. O centro de design da Opel tratou do aspeto e a Irmscher fez a parte mais «divertida». Mas vamos começar pelo interior…

A inspiração no mundo dos ralis é clara. Não falta nada. Alias, falta tudo o que é acessório. O nascimento do Grupo B foi a desculpa ideal para desenvolver este Opel Corsa Sprint — o objetivo seria de participar com ele na classe até 1300 cm3.

Opel Corsa Sprint 1983

No final, sobrou apenas o essencial: um roll bar em alumínio; tablier também em alumínio; instrumentação de corridas; tanque de combustível de 80 l na traseira; bancos de competição; e claro, cintos de quatro apoios — o peso não era mais que 750 kg.

A NÃO PERDER: Raro Opel Corsa GT de ’87 descoberto no Porto

Em termos mecânicos, a base de trabalho da Irmscher foi o pequeno motor 1,3 l de quatro cilindros em linha que equipava o Corsa A. As modificações foram tão extensas que no final, conseguiram «arrancar» praticamente uma potência especifica de 100 cv/l deste motor, para um total de 126 cv de potência às 7600 rpm.

Opel Corsa Sprint 1983

Como? Através da receita tradicional. Árvore de cames de alta performance, pistões forjados, admissão polida, carburador duplo e escape de competição.

O resultado final foram não só os já mencionados 126 cv de potência, mas sobretudo, uma aceleração dos 0-100 km/h em apenas 8,2s. Números que hoje podem não espantar ninguém, mas que há mais de 30 anos, fizeram sonhar milhares de jovens.

VÊ TAMBÉM: Opel Corsa “invade” Frankfurt e dá a conhecer todas as suas versões

Infelizmente, ao contrário daqueles que eram os planos iniciais, a Opel nunca chegou a lançar uma edição limitada a 200 unidades — para efeitos de homologação — do Opel Corsa Sprint by Irmscher.

Ficámos todos a perder, não achas?

Sabes responder a esta?
Qual o valor de Cx. (coeficiente de resistência aerodinâmica) do Opel Calibra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Calibra, esculpido pelo vento

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos