Leilão

Ferrari 365 GTB/4 Daytona que já foi de Elton John vai a leilão

O Ferrari 365 GTB/4 Daytona já é bastante especial por si só, mas este tem no "currículo" Elton John como um dos proprietários.

365 GTB/4 Daytona, lançado em 1969, foi a resposta da Ferrari ao radical Lamborghini Miura (motor transversal em posição central traseira). Demarcava-se pelo seu design, bastante ousado para o que era costume na Ferrari, com Leonardo Fioravanti, da Pininfarina, a ser o autor das suas linhas.

No entanto, se as suas linhas foram um choque na altura, ou uma lufada de ar fresco, dependendo do ponto de vista, por baixo da ousada pele, era o “típico” Ferrari, um GT de elevadas prestações com motor dianteiro e tração traseira.

Veio tomar o lugar do 275 GTB/4, assumindo o topo da hierarquia na gama Ferrari e tornou-se, rapidamente, um dos Ferrari mais marcantes e desejados de sempre — ainda hoje é assim.

VÊ TAMBÉM: Coleção Sáragga. Mais de 130 carros a leilão de um único colecionador português

Por baixo do seu longo capot encontramos um V12 de 4,4 l, naturalmente aspirado, com 352 cv. A caixa manual de cinco velocidades está montada atrás, para uma superior distribuição das massas. O peso ronda os 1600 kg, e é capaz de atingir os 100 km/h em 5,7s, com a velocidade máxima a fixar-se nos 280 km/h, tornando-o num dos carros mais rápidos do mundo… na altura.

Ferrari 365 GTB/4 Daytona, 1972, Elton John
O nome descodificado
Como era comum nos Ferrari da altura, os três algarismos 365 referiam-se à cilindrada unitária do motor, e o algarismo 4 era o número de árvore de cames do seu V12. GTB é o acrónimo para Gran Turismo Berlinetta. Daytona, o nome pelo qual é melhor conhecido, não era, curiosamente, parte do nome oficial. Foi apelidado assim, pelos media, em alusão à vitória da Ferrari nas 24 horas de Daytona de 1967.

A interação com celebridades e o show business não se resume à história desta unidade, que pertenceu a Elton John. Miami Vice, a série policial de televisão norte-americana da década de 80, tinha um Daytona como um dos pontos de atração, mas na sua versão descapotável, a GTS — mesmo hoje sabendo que o Daytona da série era na realidade… um Corvette.

O Daytona de Elton John

O Ferrari 365 GTB/4 Daytona que vai a leilão, através da Silverstone Auctions, foi registrado no dia 3 de agosto de 1972 no Reino Unido, sendo um de apenas 158 unidades com volante à direita.

Elton John tornou-se o seu proprietário em 1973, sendo um dos primeiros, senão o primeiro Ferrari que adquiriu — uma relação com o construtor de Maranello que se prolongaria no tempo, tendo possuído, entre outros, um 365 BB, um Testarossa ou 512 TR, todos eles com nobres motores de 12 cilindros.

A relação de Elton John com o 356 GTB/4 Daytona, no entanto, não seria assim tão longa — em 1975, esta unidade trocaria de mãos.

A NÃO PERDER: Fomos enganados. Afinal BB em Ferrari 365 GT4 BB não significa Berlinetta Boxer

Este Daytona conheceria vários proprietários posteriormente, todos eles membros do Ferrari Owner’s Club, com um dos seus últimos proprietários privados a tê-lo na sua posse durante 16 anos. O estado de conservação é excelente, de acordo com a Silverstone Auctions.

Destaque nesta unidade para a cor Rosso Chiaro exterior, e para o interior em pele preta VM8500 Connolly Vaumol — revestido pela última vez em 2017, com as especificações de fábrica.

O odómetro regista 82 mil milhas (aprox. 132 mil quilómetros), foi recentemente inspecionado e efetuou um serviço de manutenção, as rodas em magnésio foram devolvidas à sua condição original e calçadas com pneus Michelin XWX.

Este 356 GTB/4 Daytona não é estranho à Silverstone Auctions, que já o tinha leiloado em 2017. Na altura tinha sido comprado por um jovem colecionador, James Harris, que o juntou à sua coleção de outros modelos Ferrari, onde se incluía um Dino 246 de 1974 e um Testarrosa de 1991. O seu falecimento, já este ano, é o motivo por trás da nova venda, com a leiloeira a fazê-lo em nome da família.

O leilão ocorrerá a 21 de setembro de 2019, no Dallas Burston Polo Club, em Warwickshire. A Silverstone Auctions estima um valor de venda entre as 425 mil e 475 mil libras (aprox. entre 470 mil e 525 mil euros).

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Ferrari F40?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ferrari F40. Três décadas a apaixonar (e intimidar)

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos