Apresentação

Renovado Opel Astra foca-se na eficiência e recebe novos motores

A Opel renovou o Astra e ofereceu-lhe novos motores, uma nova caixa de velocidades e um reforço tecnológico, tudo para manter atual um dos seus best-sellers.

Depois de ter revelado a nova geração do Corsa, a Opel revela agora o restyling de outro dos seus best-sellers, o Astra. Lançada em 2015, a atual geração do modelo alemão vê assim os seus argumentos renovados na tentativa de se manter atual no sempre concorrido segmento C.

Em termos estéticos as mudanças foram (muito) discretas, resumindo-se praticamente a uma nova grelha. Assim, no exterior o trabalho foi mais focado na aerodinâmica, permitindo ao modelo alemão ver o seu coeficiente aerodinâmico melhorar (na versão carrinha o Cfica-se apenas pelos 0,25 e na versão hatchback nos 0,26).

Todo este foco na aerodinâmica inseriu-se no esforço da Opel em tornar o Astra mais eficiente e que teve como principal marco a adoção de novos motores por parte do modelo alemão.

VÊ TAMBÉM: 6 Lamborghini especiais, porque os outros são demasiado “banais”
Opel Astra
As mudanças no exterior do Astra focaram-se, acima de tudo, na aerodinâmica.

Os novos motores do Astra

O principal foco da renovação do Astra esteve nos motores. Assim, o modelo da Opel recebeu uma nova geração de motores Diesel e a gasolina, todos eles com três cilindros.

A oferta a gasolina inicia-se com um 1.2 l com três níveis de potência: 110 cv e 195 Nm, 130 cv e 225 Nm e 145 cv e 225 Nm, sempre associado a uma caixa manual de seis velocidades. Já no topo da oferta a gasolina encontramos um 1.4 l também com 145 cv mas 236 Nm de binário e caixa CVT.

A oferta Diesel assenta num 1.5 l com dois níveis de potência: 105 cv e 122 cv. Na versão de 105 cv o binário é de 260 Nm e só está disponível com caixa manual de seis velocidades. Quanto à versão de 122 cv, esta conta com 300 Nm ou 285 Nm de binário consoante está associada à caixa manual de seis velocidades ou à inédita caixa automática de nove velocidades.

VÊ TAMBÉM: Testámos o novo Mazda3 SKYACTIV-D com caixa automática. Uma boa combinação?
Opel Astra
No interior as únicas mudanças foram ao nível tecnológico.

Segundo a Opel, a adoção desta gama de motores permitiu reduzir em 19% as emissões de CO2 do Astra a gasolina. O motor 1.2 l consome entre 5,2 e 5,5 l/100km e emite entre 120 e 127 g/km. Já o 1.4 l consome entre 5,7 e 5,9 l/100km e emite entre 132 e 136 g/km.

Por fim, a versão Diesel anuncia consumos entre 4,4 e 4,7 l/100km e emissões de 117 e 124 g/km nas versões com caixa manual e entre 4,9 a 5,3 l/100km e 130 a 139 g/km no caso da versão com caixa automática.

VÊ TAMBÉM: Renault Koleos renovado vem com dois novos motores Diesel
Opel Astra
Com um coeficiente aerodinâmico de 0,25, a Astra Sports Tourer é das carrinhas mais aerodinâmicas do mundo.

Chassis melhorado e tecnologia reforçada

Para além dos novos motores, a Opel decidiu ainda operar algumas melhorias ao nível do chassis do Astra. Assim, ofereceu-lhe amortecedores com uma configuração diferente sendo que, na versão mais desportiva a Opel optou por um amortecimento mais “duro”, uma direção mais direta e ligação Watts no eixo traseiro.

VÊ TAMBÉM: BMW Série 8 Cabrio oficialmente apresentado. Vê as imagens e características técnicas
Opel Astra
O painel de instrumentos é uma das novidades da renovação do Astra.

Já ao nível tecnológico, o Astra recebeu uma câmara dianteira otimizada, sistemas de infotainment melhorados e ainda um painel de instrumentos digital. Com o início das encomendas marcado para daqui a poucas semanas e a entrega das primeiras unidades prevista para novembro, ainda não são conhecidos os preços do renovado Astra.

Sabes responder a esta?
Em que salão foi apresentado o Opel Calibra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Calibra, esculpido pelo vento

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos