Apresentação

Já sabemos quais os motores do novo Opel Corsa

Depois de já termos conhecido os detalhes da versão elétrica, chega a hora de te dar a conhecer os motores de combustão do novo Opel Corsa.

Apesar de, originalmente, ter sido revelado apenas na versão elétrica, ainda não foi desta que o Corsa abdicou dos motores de combustão. Até agora mantidos no “segredo dos deuses”, os motores “convencionais” que vão dar vida ao best-seller da Opel foram agora divulgados.

Ao todo, a sexta geração do utilitário alemão vai estar disponível com um total de quatro motorizações térmicas: três a gasolina e uma Diesel. Estas vão surgir acopladas tanto a caixas manuais de cinco ou seis velocidades como a uma inédita (no segmento) caixa automática de oito velocidades.

Para além de ter divulgado as motorizações que vão fazer parte da gama do novo Corsa, a Opel aproveitou ainda para revelar que as versões com motor de combustão do seu utilitário vão estar disponíveis em três níveis de equipamento: Edition, Elegance e GS Line.

VÊ TAMBÉM: Foi há 30 anos que a Opel equipou todos os seus modelos com catalisador
Opel Corsa
As diferenças face à versão elétrica são discretas.

Os motores do novo Corsa

Começando pelo único motor Diesel, este consiste num 1.5 turbo capaz de debitar 100 cv e 250 Nm de binário (longe vão os tempos dos 67 cv do velhinho 1.5 TD da Isuzu) e que oferece consumos entre os 4,0 a 4,6 l/100 km e emissões de CO2 entre 104 e 122 g/km, isto já de acordo com o ciclo WLTP.

Quanto à oferta a gasolina, esta assenta num motor de 1.2 com três cilindros e três níveis de potência. A versão menos potente debita 75 cv (é a única sem turbo), surge associada a uma caixa manual de cinco velocidades e oferece consumos entre os 5,3 e os 6,1 l/100 e emissões de 119 a 136 g/km.

VÊ TAMBÉM: O elétrico da Honda já tem nome e vem um Jazz híbrido a caminho
Opel Corsa

Já no “meio” surge a versão de 100 cv e 205 Nm, já com auxílio de um turbocompressor. Equipada de série com uma caixa manual de seis velocidades pode, como opção, contar com a caixa automática de oito velocidades. Quanto aos consumos, estes ficam-se pelos 5,3 a 6,4 l/100 km e as emissões entre as 121 e as 137 g/km.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Por fim, a versão mais potente dos Corsa com motor de combustão, a de 130 cv e 230 Nm apenas pode ser associada à caixa automática de oito velocidades e oferece consumos entre os 5,6 e os 6,4 l/100km e emissões de 127 a 144 g/km. A Opel afirma que com este motor o Corsa cumpre os 0 aos 100 km/h em 8,7s e atinge os 208 km/h.

VÊ TAMBÉM: Citroën C3 Aircross. Rei do espaço e do conforto?
Opel Corsa

Dieta rigorosa deu os seus frutos

Tal como já te tínhamos dito quando surgiram os primeiros dados acerca do novo Corsa, a Opel levou a cabo uma “rigorosa dieta” aquando do desenvolvimento da sexta geração do seu utilitário. Assim, a versão mais leve de todas apresenta um peso abaixo dos 1000 kg (mais precisamente 980 kg).

VÊ TAMBÉM: Estes são os elétricos com mais autonomia que podes comprar até 50 mil euros
Opel Corsa
No interior mantém-se praticamente tudo igual face ao Corsa-e.

Tal como a versão elétrica, as versões de combustão também vão contar com os faróis IntelliLux LED Matrix que funcionam sempre em modo de “máximos” e vão-se ajustando permanentemente e automaticamente para evitar encadear os outros condutores.

Com o inicio das reservas marcado para julho (Alemanha) e a chegada das primeiras unidades agendada para novembro, ainda não são conhecidos os preços da nova geração do Opel Corsa.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançada a primeira geração da Opel Zafira?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o Porsche mais barato que podes comprar. Ok… mais ou menos.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos