Apresentação

DBS GT Zagato. Para teres um, tens também de comprar um DB4 GT Zagato Continuation

A Aston Martin acaba de revelar as linhas definitivas do novo e exclusivo DBS GT Zagato, a mais recente colaboração entre o construtor e a Zagato.

As imagens publicadas do DBS GT Zagato ainda são apenas renderings digitais, mas de acordo com a Aston Martin, reproduzem com precisão a sua mais recente colaboração com a Zagato, a conhecida carrozziere italiana, que celebra o seu primeiro centenário.

A produção deste exclusivo Grand Turismo está marcada para 2020 e serão apenas produzidas 19 unidades, precisamente o mesmo número de unidades a serem construídas do DB4 GT Zagato Continuation — este será construído com processos e técnicas da época em que o DB4 GT Zagato original foi produzido, em 1960.

O número idêntico de unidades entre os dois modelos tem uma razão de ser. Só será possível adquirir o DBS GT Zagato adquirindo também o DB4 GT Zagato! Ambos fazem parte da DBZ Centenary Collection, para celebrar o centenário da Zagato.

RELACIONADO: Aston Martin DBS Superleggera. 725 cv e 340 km/h para o novo Super GT
Aston Martin DBS GT Zagato

Assim, o par de modelos custará a módica quantia de seis milhões de libras ou aproximadamente 6,7 milhões de euros, mais impostos.

DBS GT Zagato

O elemento mais recente do par deriva do atual DBS Superleggera, mas as suas linhas e elementos distinguem-se deste, inspirando-se no DB4 GT Zagato. Na frente, destaque para a grelha única, composta por 108 peças móveis em fibra de carbono e em forma de diamante. Quando o V12 twin turbo é ligado, todas as peças rodam, garantindo a passagem de ar para o motor.

Aston Martin DBS GT Zagato

Outro dos destaques é a ausência de um óculo traseiro, com o teto em fibra de carbono a prolongar-se em direção à traseira de forma ininterrupta. A visibilidade traseira é garantida por uma câmara, com as imagens capturadas a serem exibidas no retrovisor central, sem prejudicar a condução, garante a Aston Martin. Naturalmente, o teto assume o formato de dupla bolha, uma característica intimamente ligada à Zagato.

VÊ TAMBÉM: 11 100 rpm! Este é o V12 naturalmente aspirado do Aston Martin Valkyrie

Mecanicamente não deverá sofrer alterações relativamente ao DBS Superleggera, ou seja, são 725 cv ao nosso dispor.

Relativamente ao DB4 GT Zagato Continuation, ao respeitar o modelo original em toda a sua concepção — como se a produção tivesse simplesmente sido retomada, 59 anos depois —, torna-se impossível de o homologar para a via pública à luz dos regulamentos atuais, pelo que apenas poderá ser conduzido em circuito.

Sabes responder a esta?
Qual a potência do novo Cooper SE, o primeiro elétrico da Mini?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

184 cv e até 270 km de autonomia (NEDC2) para o primeiro Mini elétrico

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos