Apresentação

Edição especial e limitada para celebrar os 35 anos do BMW M5

O BMW M5, a super-berlina alemã, celebra 35 anos de vida e nada melhor que uma série especial, limitada e… até sinistra para comemorar o aniversário.

A receita é simples: num carro só, combinar o conforto e funcionalidade de uma berlina de quatro portas com as prestações e dinâmica de uma máquina de alta performance. Mais fácil de dizer do que fazer, é o que resume em essência o primeiro BMW M5.

Ao equipar o Série 5 (E28) com o bloco de seis cilindros em linha do M1 há 35 anos, a BMW acabou por criar uma nova categoria de máquinas, as super-berlinas. Desde então o BMW M5 tem sido a bitola pela qual todos os outros se medem. O culminar da linhagem é representado atualmente pelo BMW M5 Competition (F90).

Para comemorar tão nobre linhagem, que se estende por seis gerações e 35 anos, a BMW criou a edição comemorativa M5 Edition 35 Jahre… e parece mais “badass” que nunca.

RELACIONADO: Seis gerações de BMW M5. Qual deles com o melhor som de escape?
BMW M5 Edition 35 Jahre

O M5 Edition 35 Jahre

A culpa é da pintura Frozen Dark Grey, que recorre a uma pigmentação especial, criando uma superfície mate sedosa, que dá um ar mais ameaçador ao M5. Também únicas são as jantes de 20″ da M com raios em “Y” de cor Graphite Grey. As pinças de travão são em preto brilhante ou em dourado, caso se opte pelos discos de travão em carbono-cerâmica.

A exclusividade continua no interior onde podemos encontrar, pela primeira vez, vastas superfícies (painel de instrumentos, portas, consola central) em alumínio texturadas com estrutura em carbono e revestidas num tom dourado anodizado. As soleiras das portas recebem também a inscrição “M5 Edition 35 Jahre” e a cobertura dos porta-copos é gravada a laser com a inscrição “M5 Edition 35 Jahre 1/350”.

Como dá para adivinhar por esta última inscrição, o BMW M5 Edition 35 Jahre será limitado a 350 unidades.

VÊ TAMBÉM: Dos 0 aos 300 km/h com o novo BMW M5

Por baixo do capot, tudo na mesma

O ponto de partida para esta limitada edição foi o atual M5 Competition, não apresentando diferenças para este no capítulo mecânico ou dinâmico — não que sejam más notícias… O M5 Competition é já de si um aprimorar do M5 “regular”.

Por baixo do capot habita um 4.4 V8 twin turbo com 625 cv e 750 Nm, transmitidos às quatro rodas através de uma caixa automática de oito velocidades. O suficiente para lançá-lo até aos 100 km/h em escassos 3,3s e até aos 200 km/h nuns não menos impressionantes 10,8s.

Além do sistema M xDrive, encontramos também um diferencial ativo Active M Differential. Apesar da tração às quatro, o M5 tem um modo de condução que permite desconectar o eixo dianteiro, para os que preferem torturar sem misericórdia os pneus do eixo traseiro.

Para já, não existe informações sobre preços ou quantas unidades serão distribuídas para o continente europeu ou Portugal.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
O novo BMW Série vai ter tração dianteira. Qual o nome da nova plataforma?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Adeus tração traseira e 6 cilindros. Este é o novo BMW Série 1

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos