Apresentação

Novo BMW M5 F90 todos (mas mesmo todos!) os detalhes

Após especulação atrás de especulação já temos todos os números oficiais do novo BMW M5 e informação sobre todo o arsenal que traz para enfrentar a concorrência.

Finalmente! O mais recente membro da saga M5 foi finalmente apresentado. Já sabemos do que é feito e que trunfos apresenta para enfrentar os seus rivais. E a principal novidade é mesmo o facto do F90, a mais recente geração do BMW M5, ser o primeiro dos M5 com tração integral.

Sim, sabemos que os únicos M com tração integral até agora eram os inapropriados X5M e X6M – modelos que não são propriamente membros de pleno direito do clã M. Mas para o M5 são prometidas grandes coisas. Denominado M xDrive, este sistema de tração integral permite não só distribuir a potência entre o eixo dianteiro e traseiro como traz um diferencial ativo no eixo traseiro para conferir tração em todo o tipo de condições climatéricas e pisos. Mas este sistema tem mais truques na manga…

Em combinação com o DSC (Controlo Dinâmico de Estabilidade), o condutor do M5 tem à sua disposição cinco modos de condução. E o mais extremista ou lúdico de todos, permite desconectar totalmente o eixo dianteiro, tornando o M5 um puro RWD, destruidor de pneus e rei dos driftsporque não há máquina mais hilariante para drifts e burnouts que uma berlina com quase cinco metros de comprimento e 1930 kg de peso…

BMW M5 First Edition
Graças ao M xDrive, o novo BMW M5 oferece verdadeiras características de condução como um tração traseira, assim como estabilidade direccional e controlo significativamente melhorados até ao limite da performance, mesmo quando conduzido em condições adversas como chuva ou neve.
Frank van Meel, Diretor da Divisão M

O novo BMW M5 tem 600 cv! Fim de discussão.

Além da grande novidade da tração total, o outro grande destaque é a potência oficial. Esqueçam as especulações dos últimos tempos, que iam de um razoável aumento de 15-20 cavalos sobre o M5 atual até valores como 670 cavalos! São mais 40 cv que o antecessor e iguala a potência do M5 30 Jahre (30º aniversário). O motor é uma evolução do 4.4 litros V8 bi-turbo do antecessor:

BMW M5
  • Capacidade: 4395 cm3
  • Configuração : 8 cilindros em V
  • Potência: 600 cv disponíveis entre as 5600 e 6700 rpm
  • Binário: 750 Nm disponíveis entre as 1800 e 5600 rpm

Para transmitir os 600 cv (agora) às quatro rodas, a nova super-berlina prescinde da caixa de dupla embraiagem do antecessor e vem equipado apenas com uma caixa automática de oito velocidades denominada M Steptronic.

Resumidamente temos uma berlina com 1930 kg – menos 15 kg que o antecessor, apesar da tração às quatro -, 600 cv, 750 Nm, oito velocidades e quatro rodas motrizes. Estes ingredientes e números traduzem-se em performances explosivas.

Os 100 km/h são alcançados em apenas 3.4 segundos – cerca de meio segundo menos que o anterior M5 30 Jahre e 0.9 segundos que o M5 -, os 200 km/h em 11.1 segundos. A velocidade máxima, limitada eletronicamente, é de 250 km/h, mas o limite pode ser elevado até aos 305 km/h caso optemos pelo M Driver Package.

BMW M5

No outro extremo da performance temos a eficiência, com o novo M5 a apresentar um consumo médio de 10.5 l/100 km e emissões CO2 de 241 g/km. Pois, pois…

Eficazmente ligado ao solo

O chassis do BMW M5 beneficia do recurso à plataforma CLAR – mais rígida e mais leve que a sua antecessora. Recorre às mesmas soluções do Série 5, mas aqui alteradas e optimizadas para lidar com muito mais potência e outro tipo de esforços como elevadas acelerações laterais.

À frente temos um esquema de duplos triângulos sobrepostos e atrás um esquema multilink com cinco pontos de apoio. Componentes únicos para o BMW M5 podem ser encontrados na traseira, com reforços adicionais e suportes transversais em alumínio, aumentando assim a rigidez das ligações da suspensão. Curiosamente, as alterações levaram a um ligeiríssimo aumento da distância entre eixos em sete milímetros.

BMW M5 First Edition

O M5 F90 também tem à escolha dois sistemas de travagem. De série vem com pinças pintadas a azul com seis pistões à frente e um atrás. Em opção, estão disponíveis discos em carbono-cerâmica, com as pinças a virem num tom dourado e a reduzir em 23 kg as massas não suspensas.

Para rematar, as rodas, naturalmente, são de dimensões XXL. De série são de 19 polegadas com pneus à frente com as medidas 275/40 R19 e atrás 285/40 R19. Em opção jantes de 20 polegadas estão disponíveis com pneus à frente com medidas de 275/35 R20 e atrás 285/35 R20.

BMW M5 First Edition

 

Fibra de carbono também está presente

Como já referimos, apesar de vir com um eixo motriz adicional e todo o peso que tal acarreta, o novo BMW M5 consegue ser mais leve que o seu predecessor. Tal deve-se não só à plataforma CLAR, como também ao recurso de materiais mais exóticos. O M5 recorre a um novo capot em alumínio e o teto passa a ser em fibra de carbono. Segundo a BMW, também o sistema de escape contribuiu para a dieta, comportando as típicas quatro saídas traseiras.

BMW M5

O novo modelo pode ser já encomendado a partir de setembro e as entregas iniciar-se-ão na primavera de 2018. O início de carreira do modelo será marcado pelo lançamento de uma edição especial inicial – BMW M5 First Edition – limitada a apenas 400 unidades globais. Destaca-se pela cor da carroçaria – Frozen Dark Red Mettalic da BMW Individual.

BMW M5

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub