Apresentação

SEAT el-Born aponta o caminho da eletrificação à SEAT

A SEAT está apostada em eletrificar-se e por isso vai levar a Genebra o el-Born. Este é o primeiro SEAT desenvolvido com base na plataforma MEB.

Se dúvidas houvessem acerca dos planos da SEAT para se eletrificar, essas seriam facilmente dissipadas ao observar os mais recentes lançamentos e apresentações da marca espanhola. Senão vejamos, depois da trotinete elétrica eXS e do protótipo de um citadino elétrico, o Minimó, a SEAT vai levar a Genebra o el-Born, o protótipo do seu primeiro automóvel elétrico.

Desenvolvido com base na plataforma MEB do Grupo Volkswagen (a mesma usada pelos modelos I.D.), o el-Born mantém a tradição da SEAT de batizar os seus modelos de acordo com localidades espanholas, com o protótipo a dever o seu nome a um bairro de Barcelona.

Apesar de se tratar apenas de um protótipo, a SEAT já informou que o modelo deverá chegar ao mercado em 2020, sendo produzido na fábrica alemã de Zwickau.

SEAT el-Born

Um protótipo, mas próximo da produção

Apesar de surgir em Genebra como um protótipo, são vários os detalhes que permitem perceber que o design do el-Born está já próximo daquele que vamos encontrar na versão de produção com chegada prevista para 2020.

No exterior, destaque para as preocupações aerodinâmicas que se traduziram na adoção de jantes de 20” com um desenho em “turbina”, de um spoiler traseiro e no desaparecimento da grelha dianteira (não é necessária uma vez que não há nenhum motor de combustão para refrigerar).

A mobilidade está a evoluir e, com isso, os carros que conduzimos. A SEAT está na vanguarda dessa mudança, e o conceito el-Born incorpora as tecnologias e a filosofia de design que nos ajudarão a enfrentar os desafios do futuro.

Luca de Meo, Presidente da SEAT.

Já no interior, o que salta à vista é o facto de este apresentar um visual já bem próximo da produção, apresentando linhas que deixam transparecer um certo “ar de família” em relação a outros modelos da marca, destacando-se o ecrã de infotainment de 10”.

VÊ TAMBÉM: Revolução elétrica da Volkswagen levará o Passat a ser produzido pela Skoda

O SEAT el-Born em números

Com uma potência de 150 kW (204 cv), o el-Born consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 7,5s. De acordo com a SEAT, o protótipo oferece uma autonomia de 420 km, recorrendo a uma bateria de 62 kWh de capacidade, que pode ser carregada até 80% em apenas 47 minutos, bastando para tal recorrer a um supercarregador de 100 kW DC de capacidade.

O el-Born conta ainda com um sistema avançado de gestão térmica que permite poupar até 60 km de autonomia através de uma bomba de calor que reduz o consumo elétrico para aquecimento do habitáculo. 

De acordo com a SEAT, o protótipo está ainda equipado com tecnologia de condução autónoma de nível 2 que lhe permite controlar a direção, travar e acelerar e com o sistema Intelligent Park Assist.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos