A despedida

Austrália diz adeus ao BMW M140i, o último Série 1 com tração traseira e seis cilindros

Com o próximo BMW Série 1 a ser um "tudo à frente", a BMW Austrália quis despedir-se com pompa e circunstância do atual, lançando um M140 Finale Edition.

É uma série especial só para os australianos, mas não queríamos deixar passar esta oportunidade para também de nos despedirmos do único segmento C com tração traseira e possível de ser equipado com um seis cilindros em linha. O BMW M140i Finale Edition é assim, o canto do cisne — ou será o rosnar do canguru? —, para a geração atual.

A próxima geração (F40) será desvendada ainda durante este ano, o que significará o adeus à tração traseira e aos motores de seis cilindros em linha no Série 1. Será o primeiro modelo com base na nova plataforma FAAR ou Frontantriebsarchitektur — digam isto depressa três vezes…

Tal como nos BMW atuais baseados na UKL, significa tração dianteira (ou integral) e motor em posição dianteira transversal, em contraponto à tração traseira (ou integral) e motor em posição dianteira longitudinal.

RELACIONADO: Futuro BMW Série 1 sem rival para os A45 e RS3? Parece que sim
BMW M140i Finale Edition

Ganha o aproveitamento de espaço e acessibilidade, perde-se na diversidade e uma condução única. E quando nos referimos ao M140i, perdemos também um hot hatch único, ao ser o… único no segmento com este tipo de arquitetura e com um motor de seis cilindros.

O BMW M140i (disponível com carroçaria de três e cinco portas, com tração traseira e integral) faz uso do B58B30M0 — não sabes o que significam estas letras e números? Nós temos um “tradutor”. Trata-se de um bloco com seis cilindros em linha, 3.0 l de capacidade e um turbo twin-scroll.

BMW M140i Finale Edition

Debita generosos 340 cv e 500 Nm, e é capaz de atingir os 100 km/h em apenas 4,8s (4,4s para o de tração integral), e está apenas disponível com a transmissão automática de oito velocidades Steptronic. 

A edição final australiana

Para a Finale Edition, a BMW Austrália adicionou alguns “brindes” cosméticos como as ponteiras de escape em cromado negro, grelha dianteira em preto, e três jantes à escolha de 18″. Também vem equipado com suspensão adaptativa M e travões M Sport (com pinças de cor azul), faróis LED, sistema de info-entretenimento de 8,8″, sistema áudio da Harman Kardon, carregamento sem fios do smartphone, teto de abrir, estofos em pele, e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

O M140i Finale Edition custa mais 3000 dólares australianos (1880 euros) que o M140i regular.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
O Mercedes-AMG A 35 extrai 306 cv a partir de qual destes motores?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-AMG A 35 ao vivo em Paris com 306 cv de potência

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos