Recall

Toyota faz recall a um milhão de veículos devido a risco de incêndio

Em causa estão os modelos híbridos Prius e C-HR, cujo sistema elétrico pode dar origem a incêndio. Só em Portugal, são 2.690 viaturas.

A chamada às oficinas acaba de ser feita pela Toyota, acrescentando que o recall deverá abranger um total de 1,03 milhões de veículos em todo o mundo.

Quanto ao problema propriamente dito, está concentrado na cablagem da unidade de controlo do sistema híbrido.

Em contacto com a proteção da unidade de controlo, estes cabos podem, com o tempo e devido à vibração, sofrer um desgaste do revestimento e, em seguida, dar origem a um curto-circuito.

RELACIONADO: Nova Toyota Corolla Touring Sports 2019. Quem te viu e quem te vê…
Toyota

Nos veículos que forem chamados às oficinas, será, por isso, observado um possível desgaste do revestimento dos cabos.

Nos casos em que este seja mais acentuado, os técnicos procederão à sua substituição, sem qualquer custo para o cliente.

Recordar que em causa estão apenas os modelos C-HR e Prius, fabricados entre junho de 2015 e maio de 2018.

Na Europa o problema deverá afetar cerca de 219 mil veículos, ao passo que, nos EUA, o número deverá ascender a 192 mil viaturas.

RELACIONADO: GT86, Supra e… MR2? Os “Três Irmãos” da Toyota podem estar de regresso

Portugal também abrangido

Em Portugal, o importador nacional da Toyota revelou à Razão Automóvel que, em causa, estarão um total de 2.690 viaturas: 148 unidades Prius, 151 Prius PHV e 2.391 C-HR.

A Toyota Caetano Portugal revelou ainda que vai contactar diretamente, nos próximos dias, os clientes das viaturas envolvidas no recall, “para que, mediante a sua disponibilidade, se desloquem à Rede Oficial de Concessionários Toyota”.

Sabes responder a esta?
Quantos quilómetros cumpriu o Hyundai Xcient autonomamente?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Imagens. Semi-reboque autónomo da Hyundai cumpre teste com sucesso

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos