Salão de Paris

DS 3 Crossback revelado. Vai ter versão 100% elétrica

Reinventado agora como SUV, o modelo de entrada da DS passa a chamar-se DS3 Crossback e oferece várias novidades. Entre as quais, uma versão elétrica.

A revelação foi feita pela marca francesa do grupo PSA, que desvendou, antecipadamente e depois da apresentação de alguns teasers, aquele que será o futuro SUV da DS: o DS 3 Crossback.

Até aqui um pequeno utilitário, o novo DS 3 segue as tendências estreadas no “irmão maior” DS 7 Crossback, nomeadamente, a opção por uma série de aplicações cromadas no exterior (de série apenas na versão topo de gama), além de 10 cores de carroçaria e três para o tejadilho.

Ainda no exterior, destaque para as DS Matrix LED Vision, ópticas que adoptam uma forma especialmente complexa e distintiva, surgindo conjugadas com a grelha DS Wings, à qual acrescem depois os farolins traseiros, interligados por um filete metalizado — uma solução que parece estar cada vez mais em voga…

Faz swipe na galeria:

Mede apenas 4,12 m de comprimento, 1,79 m de largura e 1,54 m de altura, mas tem rodas de grandes dimensões: 18 polegadas. Os detalhes premium estão um pouco por todo o lado: puxadores que se destacam das portas, janelas traseiras cujo vidro, apesar do formato da moldura, sobe e desce. Engenhoso, sem dúvida…

RELACIONADO: DS3 Crossback está quase aí. Tudo o que já sabemos

Interior com cinco ambientes e muita tecnologia

Já no interior encontramos um habitáculo totalmente novo, fortemente marcado pelo desenho da sigla DS e para o qual a marca francesa concebeu cinco ambientes — DS MONTMARTRE, DS BASTILLE, DS PERFORMANCE Line, DS RIVOLI e DS OPERA —, além da edição limitada de lançamento, LA PREMIÉRE.

Decorações às quais acresce um painel de instrumentos digital, um enorme ecrã tátil a cores de 10,3” (o maior do segmento) no topo do tablier (de série apenas nas versões mais equipadas), além de uma bagageira com 350 litros de capacidade. Tudo isto, com a DS a prometer ainda uma habitabilidade referencial.

Presentes no DS 3 Crossback, estão ainda sistemas de condução autónoma de nível dois, como é o caso do DS Drive Assist, sistema que adequa a velocidade em função do veículo da frente e mantém o DS 3 na sua faixa, e do Active Safety Brake, a travagem de emergência de nova geração, funcional tanto de dia, como de noite. Sem esquecer do DS Smart Access, forma de aceder e arrancar com o veículo, recorrendo para tal apenas ao smartphone.

Motores a gasolina, a diesel… e elétrico

Baseado na plataforma Common Modular Platform (CMP) que servirá igualmente o futuro 2008, o DS 3 Crossback disporá de três motores a gasolina, derivações do conhecido tricilíndrico 1.2 PureTech, com 100, 130 e 155 cv de potência, além de duas variantes Diesel, ambas equipadas com 1.5 BlueHDi, de 100 e 130 cv.

Nas transmissões, encontrámos uma caixa manual de seis velocidades e uma automática de oito velocidades.

Sobre a futura versão elétrica, cuja chegada ao mercado deverá ter lugar em meados de 2019, tendo por base a variante elétrica da mesma plataforma CMP (e-CMP), a DS destaca, desde já, uma autonomia de 300 quilómetros, segundo o ciclo WLTP, norma de 2019, o que corresponde a 450 km, se aplicado o ciclo NEDC.

Tempos de carregamento

Quanto aos carregamentos da bateria de iões de lítio de 50 kWh que suporta o motor elétrico de 100 kW (136 cv), a marca francesa diz poderão ser efetuados, até 80%, em não mais do que 30 minutos – num carregador público rápido de 100 kW (carrega a um ritmo de 9 km por minuto).

Quanto demora a carregar numa tomada doméstica? Vai demorar 5 horas a carregar totalmente, numa wallbox trifásica de 11 kW.

Destaque ainda para a capacidade de recuperação do sistema em até 20%, nas travagens em cidade, assim como para uma aceleração dos 0 aos 50 km/h em 3,3s, e dos 0 aos 100 km/h em 8,7s.

RELACIONADO: A partir de 2025 todos os DS serão eletrificados

A caminho de Paris

O novo DS 3 Crossback tem apresentação oficial ao público agendada para o próximo Salão Automóvel de Paris, entre 4 e 14 de outubro. Quanto à comercialização, deverá ter lugar apenas em 2019.

Sabes responder a esta?
Qual a capacidade da bagageira da nova Kia Proceed Shooting Brake?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Kia ProCeed apresentado. O rival coreano do Mercedes-Benz CLA Shooting Brake

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos