Teste

Jaguar I-Pace alcança autonomia anunciada. Mas…

A chegar a Portugal, o Jaguar I-Pace é anunciado com uma autonomia de 470 km, já segundo o ciclo WLTP. A Top Gear conseguiu atingir essa marca, mas…

O desafio a que conhecida revista britânica Top Gear se propôs, foi levado a cabo por um dos seus jornalistas mais experientes, Paul Horrell, o qual decidiu colocar à prova a prometida autonomia, com uma única carga, do Jaguar I-Pace, num trajeto entre Londres e Land´s End, na inglesa Cornualha, de cerca de 468 km. Basicamente, a distância que o I-Pace diz conseguir cumprir.

A viagem, que contemplava a passagem por cidades, estradas secundárias, auto-estradas e algumas paragens para descanso do condutor, acabou, efetivamente, por ser concluída com sucesso. Embora, com várias adaptações feitas ao desafio inicial, como foi o caso da energia utilizada — segundo a revista, terá sido feita uma pequena recarga das baterias na ordem dos 10%, já perto do final da viagem, mas apenas por uma questão de precaução.

O carro acabou por chegar ao destino, e como refere a Top Gear, registava ainda 11% do total da capacidade da bateria. Percentagem que leva a concluir que, para fazer o trajeto em questão, o Jaguar I-Pace terá necessitado de 99% da totalidade de energia que as suas baterias conseguem absorver.

TESTE: Testámos o Hyundai Kauai Electric. Carga máxima!
Jaguar I-Pace

As condicionantes

Para que isso acontecesse, também foi preciso bastante sacrifício, já que Paul Horrell procurou utilizar o menos possível o acelerador, evitar travar e seguir sempre na velocidade mais baixa permitida. Isto, além de nunca ter ligado o ar condicionado, o aquecimento, o rádio, o Head-Up Display, a assistência à manutenção na faixa de rodagem, os limpa pára-brisas ou até mesmo as luzes. Será que algum de nós estaria na disposição de viajar assim? Acho que não…

Perante todas as condicionantes com que foi realizado o teste da revista britânica Top Gear, o melhor mesmo será aguardar por um ensaio realizado em condições que efetivamente correspondam à realidade, ou seja, utilizando o I-Pace como todos nós o faríamos no dia-a-dia, embora com a forte probabilidade de que, mesmo anunciando uma autonomia já segundo o novo ciclo WLTP, o primeiro veículo 100% elétrico da Jaguar cumprirá o prometido…

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Qual é que foi o aumento no número de novas matrículas registadas, durante o último mês de julho, face ao período homólogo de 2017?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Acumulação de stock faz mercado nacional disparar 10% em julho

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos