Antevisão

Volkswagen T-Cross. Tudo o que já sabemos e novas imagens

O Volkwagen T-Cross só chega em maio de 2019, mas já existem novos dados sobre aquele que será o SUV mais acessível da Volkswagen.

Num evento que decorreu nos arredores de Munique, a Volkswagen reuniu vários protótipos do T-Cross e revelou os primeiros detalhes, imagens e vídeo do “SUV do Polo”.

Enquanto não temos a oportunidade de conduzir o Volkswagen T-Cross, condensámos neste artigo tudo o que já se sabe sobre o pequeno SUV.

O que é?

O Volkswagen T-Cross é o quinto SUV da Volkswagen na Europa e situa-se abaixo do “SUV português”, o T-Roc. Utiliza a mesma plataforma do Volkswagen Polo, a MQB A0 e será o modelo de acesso à gama SUV Volkswagen, entrando num dos segmentos mais quentes do mercado.

Volkswagen T-Cross, Andreas Krüger
Andreas Krüger, Diretor para a gama de veículos pequenos na Volkswagen

O T-Cross estende a família de SUV da Volkswagen ao segmento compacto. O T-Cross é importante para a gama de modelos pequenos porque funciona como o modelo de acesso aos SUV para o grupo etário mais jovem.

Andreas Krüger, Diretor para a gama de modelos pequenos
RELACIONADO: Volkswagen T-Roc ganha versão descapotável, mas será produzido na Alemanha

No exterior vamos encontrar um automóvel de dimensões compactas (4,10 m de comprimento) pensado para a cidade, mas com um estilo mais irreverente do que o do Volkswagen Polo. Segundo Klaus Bischoff, Diretor de Design da Volkswagen, o objetivo foi construir um SUV que não passasse despercebido no trânsito. Destaca-se a grelha proeminente — à lá Touareg, e as rodas de grandes dimensões, com as jantes a serem de 18″.

Volkswagen T-Cross

A posição de condução mais elevada continua a ser uma das características favoritas dos SUV, e uma das razões para o seu sucesso, com a do Volkswagen T-Cross a estar 11 cm acima daquela que podemos encontrar no Polo.

Quando desenhamos um SUV queremos que pareça que pode conquistar qualquer estrada no planeta. Independente, masculino e potente. Esses são todos os atributos que o T-Cross tem.

Klaus Bischoff, Diretor de Design da Volkswagen
Volkswagen-T-Cross, Klaus Bischoff
Klaus Bischoff, Diretor de Design da Volkswagen

O que tem?

Espaço abundante e versatilidade, sem dúvida. O novo T-Cross vem munido de bancos deslizantes, com um ajuste longitudinal máximo de 15 cm, o que por sua vez, reflete-se na capacidade da bagageira, com a capacidade a variar entre os 380 e os 455 l — rebatendo os bancos a capacidade sobe até aos 1281 l.

Com o digital a conquistar cada vez mais terreno no interior dos automóveis, também o T-Cross terá uma ampla oferta nesse sentido. O sistema de info-entretenimento recorre a um ecrã tátil com 6,5″ de série, que pode ser, opcionalmente, até às 8″. A complementá-lo também estará opcionalmente disponível um painel de instrumentos totalmente digital (Active Info Display) com 10,25″.

No que toca a assistentes de condução e equipamentos de segurança, esperem encontrar sistema Front Assist com travagem de emergência em cidade e deteção de peões, alerta de manutenção na faixa de rodagem e sistema de proteção proativa dos passageiros — caso a panóplia de sensores detete um risco elevado do acidente acontecer, fechará automaticamente os vidros e teto de abrir, e colocará os cintos em tensão, retendo melhor os ocupantes dianteiros.

Tal como o Polo, o Volkswagen T-Cross apostará forte na personalização interior, com diferentes cores à escolha. Haverá também quatro entradas USB e carregamento sem fios para telemóvel, e um sistema de som da Beats com 300 w e subwoofer.

O T-Cross terá cinco níveis de equipamento, 12 cores exteriores à escolha, e tal como acontece no T-Roc, também estará disponível com opções bicolor.

Agora que estamos a adicionar o T-Cross à família SUV, teremos o SUV certo para todo o tipo de cliente. O seu cliente-alvo são os mais jovens, com rendimentos comparativamente mais pequenos.

Klaus Bischoff, Diretor de Design da Volkswagen

Ao nível das motorizações estão previstas três motorizações a gasolina e uma Diesel. Do lado da gasolina teremos o 1.0 TSI — com duas variantes, de 95 e 115 cv —, e o 1.5 TSI de 150 cv. A única proposta Diesel será garantida pelo 1.6 TDI de 95 cv.

Quanto custa?

Ainda é muito cedo para falar em preços, já que o Volkswagen T-Cross chega apenas em maio de 2019. Mas podemos esperar preços de entrada a começar nos 20 mil euros, ligeiramente superior ao do Volkswagen Polo.

Sabes responder a esta?
Quantas gerações já houve do Volkswagen Touareg?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o novo Volkswagen Touareg. Revolução total (por dentro e por fora)

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos