Desde 32 391 euros

Novo Volkswagen Polo GTI MK7 já disponível. Todos os detalhes

O primeiro Volkswagen Polo desportivo surgiu em 1979, mas tivemos de esperar até 1998 para conhecer o primeiro Polo GTI. 20 anos depois chega a derradeira versão do Volkswagen Polo GTI, agora com 200 cv de potência e muita tecnologia «herdada» do irmão mais velho.

GTI. Uma sigla mágica com apenas três letras, desde há muito associada às versões mais desportivas da gama Volkswagen. Uma sigla que chega agora à 7ª geração do Volkswagen Polo.

Pela primeira vez na história deste modelo, o Volkswagen Polo GTI (Gran Turismo Injection) alcança a marca dos 200 cv de potência — esticando para 80 cv a diferença para a a primeira geração do Polo GTI.

Volkswagen Polo GTI MK1
O primeiro Volkswagen Polo GTI entregava 120 cv de potência ao eixo dianteiro.

Com a ajuda de uma caixa DSG de seis relações, o novo Volkswagen Polo GTI atinge os 100 km/h em 6,7 segundos e uma velocidade máxima de 237 km/h.

A NÃO PERDER: Lembras-te deste? Volkswagen Polo G40, o terrífico

Numa altura em que muitos desportivos recorrem a motores cuja cilindrada não ultrapassa os 1.600 cc, a Volkswagen fez o caminho inverso e foi pedir «emprestado» o motor 2.0 TSI ao «irmão maior», o Golf GTI. A potência foi reduzida para os já referidos 200 cv e o binário máximo é agora de 320 Nm — tudo para não causar problemas hierárquicos no seio da família GTI.

Por outro lado, e apesar do aumento de potência e cilindrada face à anterior geração — que recorria a um motor 1.8 litros com 192 cv — o novo Volkswagen Polo GTI anuncia consumos inferiores. O consumo médio anunciado é de 5,9 l/100 km.

Motor do Golf GTI, e não só…

Dinamicamente o novo Volkswagen Polo GTI tem tudo para ser um bom desportivo. Além do motor, também a plataforma do novo Volkswagen Polo GTI é partilhada com o Golf. Falamos da conhecida plataforma modular MQB — aqui na versão A0 (a mais curta). Destaque ainda para o sistema de bloqueio eletrónico do diferencial XDS, bem como para os diferentes modos de condução que alteram a resposta do motor, direção, ajudas à condução e das suspensões adaptativas.

No equipamento de série, o Volkswagem Polo GTI conta com ar condicionado automático, bancos desportivos revestidos com o típico tecido em xadrez “Clark”, jantes de liga leve de 17″ com novo desenho, pinças de travão em vermelho, suspensão desportiva, sistema de navegação Discover Media, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, câmara traseira, ar condicionado Climatronic, inserções decorativas “Vermelho Velvet”, carregamento por indução e diferencial eletrónico XDS. As clássicas siglas GTI, e ainda a típica faixa vermelha na grelha do radiador, assim como o punho da alavanca de velocidades GTI também marcam presença.

À semelhança do que acontece com outros modelos da marca, é possível optar pelo active info display (instrumentação totalmente digital) e sistema de infoentretenimento com ecrã tátil de vidro.

No que diz respeito aos sistemas de auxílio à condução, o novo Volkswagen Polo GTI passa a contar com sistema de assistência Front Assist com travagem de emergência em cidade e sistema de deteção de peões, sensor de ângulo morto Blind Spot, proteção proativa dos passageiros, regulação automática de distância ACC e travões multicolisão.

A sétima geração do Volkswagen Polo já está disponível para encomenda com a sigla GTI, com preços a partir de 32 391 euros.

Sabes responder a esta?
O nome G40 deriva de que tecnologia?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Volkswagen Polo G40, o terrífico

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos