Goodwood Festival of Speed 2018

Visão do demónio. Um Mustang de 1965 100% autónomo vai subir Goodwood

Um Ford Mustang de 1965 será o primeiro automóvel autónomo a subir a rampa Goodwood Festival of Speed — o fim está próximo…

É já amanhã, dia 12 de julho, que se inicia o Goodwood Festival of Speed — é o 25º aniversário do evento, o seu jubileu de prata —, e entre os muitos atrativos, destaca-se a icónica rampa da propriedade de Lord March.

Tem apenas 1,86 km de extensão, mas concentra todas as atenções, uma verdadeira passerelle com todo o tipo de glórias motorizadas — automóveis de estrada e de competição, novos e clássicos.

E se até agora todas essas máquinas tinham alguém, um humano, aos seus comandos, a edição deste ano será a primeira que verá um automóvel autónomo tentar subir a rampa. E, ironia das ironias, não de trata de um protótipo XPTO, como o Robocar — que também deverá subir a rampa —, mas sim um Ford Mustang, de 1965, a primeira geração do “pony car”, que simboliza, como poucos, o sentimento de liberdade e aventura que associamos ao ato de conduzir.

1965 Ford Mustang, autónomo

Um Mustang autónomo?! Porquê?

Este Mustang autónomo é um projeto de colaboração entre a Siemens e a Universidade de Cranfield, e recorrer a um carro com 53 anos de idade colocou enormes desafios à equipa de desenvolvimento. Sobretudo a adaptação da direção e suspensão para garantir um controlo preciso do carro durante a subida pelo circuito — usar um automóvel atual ou construído de raíz, com direção eletricamente assistida, seria muito mais fácil de desenvolver.

A equipa de engenharia teve igualmente de desenvolver um modelo 3D preciso do circuito, para garantir o máximo de precisão no posicionamento do Mustang. Mas porquê “estragar” um clássico para esta missão?

Goodwood oferece-nos a hipótese para refletir no porquê de termos uma ligação emocional com os carros, e atua como um lembrete de que os humanos gostam de se sentir envolvidos e fazer parte da ação. O desafio do projeto Siemens Autonomous Hillclimb faz a ligação entre o espírito clássico da aventura automóvel e a tecnologia avançada.

Dr. James Brighton, professor sénior da Universidade de Cranfield

O Ford Mustang, que recebeu um fato apropriado ao jubileu de prata do Festival, mostrando um wrap prateado, fará uma primeira tentativa já amanhã, dia 12 de julho, e se bem sucedido, fará novas subidas na sexta-feira, sábado e domingo — a primeira tentativa será filmada e transmitida via streaming no Festival.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Mais pontos de interesse

Nem só de um Ford Mustang autónomo viverá a Siemens no Goodwood Festival of Speed, com a gigante alemã marcar presença no Festival of Speed Future Lab, exibindo uma experiência de Realidade Virtual para quatro pessoas, demonstrando o que reserva o futuro em design e engenharia automóvel.

RELACIONADO: Roborace é a competição do futuro com veículos 100% autónomos

Além disso, apresentará o speedster “La Bandita”, um modelo desenhado exclusivamente em ambiente de realidade virtual, com engenharia a cargo de uma inteligência artificial e produzido através de impressão 3D.

La Bandita Speedster
La Bandita Speedster

Por fim, no F1 Paddock, a Siemens exibirá o concept Renault R.S. 2027 Vision, que, como o nome indica, mostra a visão da equipa de Fórmula 1 Renault Sport para o futuro da disciplina.

Sabes responder a esta?
A edição especial Bullit do Ford Mustang refere-se a…
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Mustang Bullit com estreia europeia em Genebra

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos