Lembras-te deste? Alpina E36 B8 4.6

Hoje recordamos o Alpina E36 B8 4.6. O primeiro modelo da história a «casar» um motor V8 com uma carroçaria Série 3.

O Alpina B8 4.6 é um dos modelos mais especiais alguma vez construídos pela Alpina. O motivo — o «grande» motivo — está debaixo do capot.

A Alpina conseguiu fazer algo que a BMW já tinha tentado fazer e fracassou. Essa tentativa passava por equipar o Série 3 (E36) com um motor V8, porém problemas com a designação do modelo e adaptação do motor V8 à carroçaria do Série 3 na linha de produção deitaram por terra os planos da marca.

A Alpina conseguiu

Sem os constrangimentos naturais de uma linha de produção de larga escala, e graças a 42 modificações ao chassis original do E36, a Alpina conseguiu consumar o tão ansiado casamento entre o chassis E36 e o motor 4.0 litros V8 (M60B40) que equipava o BMW 540i (E34).

Mas casar o motor não era suficiente. A Alpina queria mais potência e por isso aumento a capacidade do motor dos originais 4 litros para 4.6 litros. Um incremento que não foi fácil de operar porque o bloco do M60B40 recorria a um tratamento especial anti-fricção (Alusil), e por esse motivo, a Alpina não podia simplesmente proceder à rectificação do motor para aumentar a cilindrada. A BMW teve de dar uma ajuda à Alpina e construir um bloco específico para o B8. Mas as modificações não ficaram por aqui: a Mahle forneceu pistões forjados de alta compressão, alterou-se o tempo de abertura das válvulas e reprogramou-se o sistema Motronic.

O resultado final foram 333 cv de potência (às 5 700 rpm) e 470 Nm de binário máximo (às 3 900 rpm).

Mais do que números… força!

Mas estes números não contam a história toda. O Alpina E36 B8 4.6 tinha uma entrega de potência monstruosa. Às 1 000 rpm este motor já desenvolvia 350 Nm de binário, que era o binário máximo do… BMW M3 Evo (E36)! Dito isto, a velocidade máxima de 278 km/h e os 0-100 km/h cumpridos em apenas 5,7 segundos não são surpresa nenhuma. Mas mais do que a aceleração pura, a imprensa da época destacava a disponibilidade do motor a todos os regimes.

A lidar com toda esta potência encontrávamos amortecedores Bilstein e sistema de travagem totalmente revisto. No total, foram produzidas 350 unidades do Alpina E36 B8 em três carroçarias distintas: Coupé, Touring e Cabriolet.

Recorda aqui outros modelos históricos:

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos