Segundo contacto

Ao volante do novo Renault Mégane R.S. no Circuito do Estoril

É a nossa segunda vez ao volante do novo Renault Mégane R.S, desta vez no Circuito do Estoril. Um momento que ficou registado em vídeo e que podes ver no nosso novo canal de YouTube.

Em Circuito do Estoril

Um aperitivo. É assim que posso chamar a este curto contacto que tive em pista com o novo Renault Mégane R.S. 280 EDC. O Fernando Gomes, há uns meses, teve direito a uma refeição completa, daquelas com 7 pratos: passou dois dias ao volante do Renault Mégane R.S. com chassis sport e chassis cup, em Jerez.

Fica para muito breve o vídeo e primeiras impressões de outro exemplar que tivemos à nossa disposição no Circuito do Estoril, o novo Alpine A110.

Voltar ao Circuito do Estoril, num evento à parte dos Renault Passion Days, começa a ser uma tradição – ainda me lembro da minha primeira vez ao volante da anterior geração do Renault Mégane R.S neste traçado.

Por aqui vão passar, nos dois dias dos Renault Passion Days 2018, cerca de cinco mil pessoas, das quais mais de 1300 poderão testar no Circuito o novo Renault Mégane R.S.

Breve contacto

A última geração do Mégane R.S. foi uma referência. A simplicidade, o feeling analógico e o desafiante que era conduzi-lo no limite, tornaram-no um objeto de desejo entre muitos petrolheads.

RELACIONADO: Ao volante do novo Renault Mégane RS. Temos máquina

No novo Renault Mégane R.S., no lugar do motor 2.0 litros turbo a gasolina encontramos um 1.8 litros turbo a gasolina com 280 cv e 380 Nm de binário, apenas mais 5 cv do que na versão Trophy do anterior Megane R.S. O novo Renault Mégane R.S cumpre o sprint dos 0-100 km/h em 5,8 segundos, a velocidade máxima é de 250 km/h, limitados eletronicamente.

É o primeiro R.S. com sistema 4Control, ou seja, 4 rodas direcionais e primeiro Renault Mégane R.S. com caixa de dupla embraiagem de 6 velocidades – puristas, podem ficar descansados, a caixa manual ainda está disponível.

Infelizmente, é também o primeiro Renault Mégane R.S. com som do motor melhorado digitalmente no interior. O novo modelo perdeu também a carroçaria de 3 portas.

Cumpridas 3 voltas ao Circuito do Estoril ao volante do Megane R.S. com chassis Sport e caixa EDC, fiquei com a sensação de que o novo Renault Megane RS é mais rápido e mais eficaz do que a anterior geração. Não me surpreende, era de esperar que assim o fosse.

Adeus sonoridade?

A sonoridade faz parte da experiência de condução, principalmente em propostas destas. Senti falta da sonoridade do anterior bloco (o som digitalizado não me convence…). O novo Renault Mégane R.S. está também mais fácil de conduzir no limite, mais civilizado.

A suspensão é excelente, a afinação do chassis soberba, mantendo a tradição R.S. e ainda há uma versão cup, que nós testamos em Espanha e promete mais eficácia em circuito.

É melhor do que o Hyundai i30 N ou Honda Civic Type R? Temos de esperar pelo teste completo para tirar tudo a limpo.

O novo Renault Mégane R.S. fica disponível para venda ao público a partir de amanhã, segunda-feira, dia 28 de maio de 2018. Os preços começam nos 38.750€ (caixa manual) e 40.480€ (caixa EDC). Mais tarde estará disponível o Renault Mégane R.S. com chassis Cup e caixa manual.

Mais artigos em Testes

Os mais vistos