Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Novo DS 3 Crossback a caminho de Paris. Será o sucessor do DS 3?

O DS 3 foi o primeiro modelo a revelar as intenções do Groupe PSA em ter a sua própria marca premium, tendo sido lançado em 2010. O DS 3 Crossback tomará progressivamente o seu lugar.

Apresentado em 2010 ainda sob a marca Citroën — a DS só seria marca independente a partir de 2014 —, o DS 3 já pede um sucessor há algum tempo. Oito anos de carreira e dois restylings depois assim o ditam.

Rumores à volta do seu sucessor já circulam aos anos, e parece que ainda não é desta que o veremos. A ditadura do mercado pede outro tipo de soluções, pelo que, no próximo Salão de Paris, em outubro, veremos o DS 3 Crossback, um novo crossover compacto, potencial rival de propostas como o Audi Q2 e o Mini Countryman.

O DS 3, por outro lado, deverá continuar a ser vendido até ao final da década — está prevista mais uma atualização, sobretudo ao nível dos equipamentos tecnológicos —, mas, de momento, nada se sabe sobre um sucessor direto.

Para todos os efeitos, o DS 3 Crossback será, assim, uma espécie de sucessor do DS 3 — os modelos de três portas têm vendido cada vez menos, o que justifica a decisão de muitos construtores em simplesmente eliminarem esse tipo de carroçaria dos seus catálogos. E a tipologia “quente” hoje em dia é, indubitavelmente, a que se intitula de SUV ou Crossover.

O mercado (para carros compactos) está a ir na direção dos pequenos SUV em vez dos três portas. Por isso haverá uma proposta diferente (do 3).

Stéphane Le Guével, chefe PSA Group Reino Unido

O que esperar?

O novo DS 3 Crossback deverá chegar ao mercado no início de 2019. De acordo com Guével, em declarações à Autocar, não esperem um mini-DS 7 Crossback. O DS 3 Crossback terá um estilo distinto, com referências ao atual DS 3 — a “barbatana” no pilar B do atual deverá marcar presença — prevendo-se o triplo das vendas das do DS 7 Crossback.

DS 7 Crossback
O primeiro SUV da marca

Caberá ao DS 3 Crossback estrear a nova plataforma para modelos compactos do grupo francês, denominada EMP1 — que servirá de base também ao sucessor do Peugeot 208 e Opel Corsa —, assim como servir de ponta de lança do grupo no que toca a automóveis 100% elétricos. A variante elétrica deverá ser a primeira a ser conhecida em Paris, e será lançada em simultâneo com as variantes de motor térmico.

RELACIONADO: DS prepara rival para o BMW Série 5, mas não será uma berlina

Será a DS a impulsionar os elétricos no grupo francês — não só por participar na Fórmula E, mas também por uma questão de preços. Faz todo o sentido que sejam as marcas premium a introduzi-la, já que praticam preços mais elevados e mais facilmente absorvem o custo mais elevado da tecnologia elétrica.

Sabe responder a esta?
O DS 7 Crossback E-Tense permite quantos quilómetros de autonomia elétrica?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

DS 7 Crossback já tem preços para Portugal
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

DS 7 Crossback já tem preços para Portugal

Mais artigos em Notícias