Híbrido chega em 2020

Opel Grandland X recebe 1.5 turbodiesel francês de 130 cv

Interpretação alemã do Peugeot 3008, o Opel Grandland X prepara-se para receber mais um “coração” francês, um 1.5 turbodiesel de 130 cv, de origem PSA. Sendo que a caminho está igualmente uma versão híbrida plug-in.

O Opel Grandland X ainda não iniciou comercialização no nosso país — foi anunciada anteriormente para o primeiro trimestre deste ano, que já passou —, devido à nossa absurda lei das portagens. Mas “lá fora”, o SUV da marca alemã vê os seus argumentos reforçados, com a chegada de uma nova motorização.

Destinado a substituir o já velhinho 1.6 Diesel de 120 cv, o novo quatro cilindros 1.5 l anuncia uma potência de 130 cv e 300 Nm de binário, assim como, quando combinado com caixa manual de seis velocidades, consumos na ordem dos 4,1-4,2 l/100 km.

Já quando acoplado à caixa automática de oito velocidades, o mesmo bloco aponta para médias em trajeto combinado de 3,9-4,0 l/100 km. Ou seja, uma redução de 4%, face àquilo que eram os consumos do 1.6 Diesel.

Opel Grandland X

Este novo 1.5 Diesel vai juntar-se ao já conhecido e mais potente 2.0 l turbodiesel de 180 cv já disponível no Grandland X, permitindo assim à Opel oferecer dois motores já cumpridores da norma Euro 6d-Temp.

RELACIONADO: Ao volante do novo Opel Grandland X. Chega a Portugal em 2018

Híbrido plug-in agendado para 2020

Lá mais para o final da década, chega então a versão parcialmente eletrificada deste mesmo modelo, o qual será também a primeira proposta híbrida plug-in da marca de Rüsselsheim.

Embora pouco se saiba ainda sobre as características técnicas desta nova versão, mais ecológica, não será uma surpresa total caso o futuro Opel Grandland X híbrido venha a exibir um sistema de propulsão derivado daquele utilizado pelo DS 7 Crossback E-Tense.

DS 7 Crossback

Modelo francês cuja comercialização arranca já no início do próximo ano, anunciando uma potência combinada de 300 cv, garantidos por um quatro cilindros 1.6 litros a gasolina e dois motores eléctricos.

Sabes responder a esta?
Qual a autonomia da versão GNC do Golf?

Mais artigos em Notícias