DS 7 Crossback. Motor híbrido com 300 cv e tração às 4 rodas

Novas tecnologias, nova motorização híbrida com 300 cv e um design vanguardista. O DS 7 Crossback não é só o primeiro SUV da marca: de acordo com a DS, é muito mais do que isso.

Foi com uma versão especial e limitada que a marca francesa apresentou pela primeira vez o DS 7 Crossback, o primeiro SUV da marca.

Esta primeira edição, batizada de DS 7 Crossback La Première, é uma pequena amostra do visual requintado e elegante que a DS quer implementar em todos os modelos da gama.

Disponível nos tons cinza artense, branco nacré ou preto perla nera , a carroçaria musculada do DS 7 contrasta com os bancos revestidos a couro Nappa de tons quentes. A grelha hexagonal da DS integra aqui um novo desenho com efeito de diamante, com o emblema DS colocado ao centro.

“Cada material e cada detalhe atestam uma inspiração Haute Couture, a sua nobreza e sensualidade, até ao mínimo detalhe.”

Thierry Metroz, diretor de design da DS.

Um dos destaques é sem dúvida a nova assinatura luminosa, conjunto a que a marca francesa apelidou de Active LED Vision, composto por luzes diurnas, indicadores progressivos de mudança de direção e, na traseira, um tratamento tridimensional em forma de escamas, como se pode ver nas imagens.

No interior, o DS 7 Crossback La Première estreia um par de ecrãs de 12 polegadas, que concentram em si as funcionalidades de navegação, multimédia e conectividade, entre outras. Além disso, este modelo traz ainda um conjunto de equipamentos Connected Pilot, Night Vision e Active Scan Suspension, disponíveis em todas as versões da gama.

ESPECIAL: Conhece aqui todas as novidades previstas para o Salão de Genebra

O leque de motorizações – para esta primeira edição – é composto pelos dois motores mais potentes da gama, os blocos Blue HDi com 180 cv e THP com 225 cv, ambos acoplados à nova caixa automática de oito velocidades, que segundo a marca é mais favorável aos consumos e ao prazer de condução. Posteriormente, vãos estar também disponíveis os blocos BlueHDi de 130 cv, THP de 180 cv e PureTech de 130 cv.

A ambição de oferecer uma versão híbrida ou elétrico em todos os modelos DS está cada vez mais próxima de se tornar realidade. Isto porque a marca vai desenvolver uma motorização híbrida E-Tense, disponível apenas a partir da primavera de 2019, com 300 cv de potência, 450 Nm de binário, tração às 4 rodas e autonomia de 60 km em modo 100% elétrico.

O DS 7 Crossback La Première já está disponível para reserva e vai ser a figura maior no stand da DS no Salão de Genebra.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter