Arranque a Frio

Pagani Zonda Revolucion é uma obra de arte

Poderá um automóvel ser arte? Deverá um automóvel ser arte? Uma discussão que ganha novos contornos quando vemos este Pagani Zonda Revolucion exposto na sala de estar, como de uma peça de arte se tratasse.

Bem vindos à sala de estar de Pablo Pérez Companc, piloto argentino, que também é conhecido pela sua paixão por tudo o que seja Pagani. Na sua garagem residem dois Pagani: um Huayra BC e um Zonda Revolucion.

Mas como podemos observar, na sua sala de estar reside um terceiro Pagani, outro Zonda Revolucion. Este não anda, na realidade não é mais que uma carroçaria em fibra de carbono do Zonda, pintada toda de negro. Presa a um pilar e colocada de lado, está exposta como se tratasse de uma obra de arte, uma escultura cuidadosamente modelada na tentativa de dominar o ar, um dos quatro elementos.

Poderá ser o Pagani Zonda uma obra de arte? Uma tertúlia para outra ocasião, mas será definitivamente objeto de fruição tanto por Pablo Pérez, como pelos seus convidados.

LEITURA OBRIGATÓRIA: A história de Horacio Pagani e o gigantesco «melão» da Lamborghini

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
A Garage Italia Customs customizou um Pagani Huayra tendo como inspiração um…
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Pagani Huayra inspira-se… na FIAT
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Pagani Huayra inspira-se… na FIAT

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos