Arranque a Frio

Porque é que o elétrico Jaguar I-Pace tem uma grelha frontal?

Os elétricos não têm as mesmas necessidades de refrigeração que os veículos com motor de combustão pelo que, no geral, podem prescindir de enormes entradas de ar. Mas o Jaguar I-Pace vem com uma proeminente grelha frontal. Apenas decoração, identidade, ou terá algum propósito prático?

O Tesla Model S livrou-se da falsa grelha frontal que possuía quando foi apresentado, pois não era mais que um elemento decorativo, sem função prática. No entanto, o novo Jaguar I-Pace exibe uma proeminente grelha — o único elemento criticado num dos designs mais aclamados entre os seus pares. Mas a Jaguar justifica a razão de ser, aliás, as razões por detrás da expressiva grelha.

Esta divide-se em duas partes, apesar de não o parecer. A parte inferior faz parte do sistema de arrefecimento do pack de baterias. A superior serve um propósito totalmente distinto, sendo parte essencial da aerodinâmica do I-Pace. Esta abertura canaliza o ar através da frente do carro — através de uma abertura no “capot” —, subindo pelo para-brisas, percorrendo o teto e descendo pelo óculo traseiro.

O fluxo de ar gerado é forte o suficiente que permitiu prescindir de uma escova limpa-vidros no óculo traseiro, com a água a ser empurrada simplesmente pelo fluxo de ar. Além da sua funcionalidade, garante que o I-Pace seja mais facilmente identificado como um Jaguar.

Jaguar I-Pace
RELACIONADO: Jaguar I-Pace. O primeiro elétrico da marca já tem preços para Portugal

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Que motor equipa o Jaguar F-Pace SVR?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Jaguar F-Pace SVR apresenta-se com V8 e mais de 500 cv

Mais artigos em Notícias