Oficial

Rolls-Royce Cullinan. Marca britânica confirma o nome do seu primeiro SUV

Agora é oficial, tendo sido confirmado pela própria marca. Rolls-Royce Cullinan é o nome daquele que será o primeiro SUV na história da marca de luxo britânica.

Inicialmente descrito pelo próprio fabricante como “nada mais que um mero nome atribuído a um projeto em desenvolvimento”, a denominação Cullinan vai, afinal, ser mesmo a designação pela qual será conhecido o primeiro SUV na história da Rolls-Royce.

A confirmação acaba de ser dada pela própria marca de Westhampnett, acompanhada de um teaser pouco revelador. Mas que, ainda assim, mostra as linhas gerais daquele que será o perfil do SUV cuja apresentação deverá ter lugar ainda este ano.

Cullinan, nome de diamante

Recorde-se que o nome Cullinan remete para a gema Cullinan, o maior diamante de qualidade superior alguma vez encontrado, com um peso de 3106,75 quilates, cerca de 621,35 gramas — descoberto a 26 de janeiro de 1905, na mina Premier, localizada na África do Sul, pelo gerente da área de mineração Frederick Wells, recebeu o nome do dono da exploração, Thomas Cullinan.

Rolls-Royce Cullinan camuflado 2018

Na opinião de CEO da Rolls-Royce, Torsten Müller-Ötvös, trata-se, também, do melhor nome para o segundo modelo, depois do Phantom VIII, a ter por base a nova plataforma produzida quase exclusivamente em alumínio, a que foi dado o nome de “Architecture of Luxury”.

O nome consegue integrar todas as várias facetas daquilo que será o nosso novo carro. Transmite resistência e solidez absoluta, quando colocado perante as maiores dificuldades.

Torsten Müller-Ötvös, diretor executivo da Rolls-Royce

Apresentação (pública) ainda em 2018

Segundo avança a Automotive News, o Rolls-Royce Cullinan deverá ter apresentação pública ainda durante este ano, muito possivelmente no próximo verão. Antes dessa, ocorrerá uma outra, à porta fechada, apenas com a presença dos clientes mais leais da marca.

Rolls-Royce Cullinan camuflado 2018

Rolls-Royce Cullinan com o mesmo motor do Phantom

O Rolls-Royce Cullinan deverá surgir no mercado com o mesmo V12 6,75 litros de 570 cv e 900 Nm de binário da actual geração Phantom, assim como com a promessa de ser o SUV mais luxuoso que o mundo já conheceu — será também o mais caro?

Sobre este aspeto, importa recordar que a Rolls-Royce já detém o ceptro do carro mais caro do mundo — galardão conseguido pelo Sweptail, uma encomenda especial, produzida em apenas e só uma unidade que, segundo os rumores, terá custado ao seu dono a módica quantia de 10 milhões de libras — cerca de 11,2 milhões de euros.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do W8 do Volkswagen Passat?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Volkswagen Passat W8. Leram bem, oito cilindros em W

Mais artigos em Notícias